PORTUGAL, Lisboa – Ruínas e Museu Arqueológico do Carmo.


IMAGEM DESTACADA: Nave central da igreja do Convento de N.S. do Carmo.
*****
Endereço: Largo do Carmo, 1200-092 Lisboa, Portugal
Telefone+351 21 347 862.
Horários de Funcionamento: de 2ª à Sábado.
De 10 h às 19 h de Junho a Setembro.
De 10 h às 17 h de Outubro a Abril.
De 10 h às 18 h em Maio.
Fechado: Domingos, 1º Janeiro, 1º Maio e Natal.

Valor Bilhete em junho/14: 3,5 Euros.

*****

UM POUCO DE HISTÓRIA:

O Museu foi instalado nas ruínas da igreja do Convento de Nossa Senhora do Vencimento do Monte do Carmo, fundada em 1389 por D. Nuno Álvares Pereira, em memória à vitoria dos portugueses na Batalha de Aljubarrota.

Foi considerado o maior templo Gótico de Lisboa.
Entretanto, em 1755, um terremoto seguido de incêndio danificou seriamente suas instalações.
No reinado de D. Maria I o Convento começou a ser restaurado, mas a rainha não teve condições de terminar sua obra devido a dificuldades financeiras e operacionais. Por este motivo, as naves e o transepto permaneceram sem cobertura, e as capelas colaterais, inacabadas.
De sua arquitetura original restam a cabeceira e os portais voltados para o Ocidente e o Sul.
No ano de 1864 e seguintes, a Real Associação dos Arquitetos Civil instalou um museu nas ruínas do Convento, cujo objetivo era abrigar peças recolhidas de antigos edifícios arruinados, mormente as resgatadas dos escombros do próprio templo.
O MAC – Museu Arqueológico do Carmo – alberga peças de valor histórico, arqueológico e artístico, dentre as quais artefatos Pré-Históricos.
Os interessados poderão chegar ao Largo do Carmo por intermédio do elétrico 28 (Chiado), autocarros 58 e 100 (Camões), Metrô Baixa-Chiado e ainda pelo Elevador de Santa Justa, oportunidade de “matar dois coelhos com uma só cajadada”.

 **********

P1040022 (475x640)
Um dos fragmentos expostos a céu aberto no MAC.
 **********
P1040023 (480x640)
Alguns fragmentos encontrados no museu são procedentes de edifícios arruinados, sobretudo das casas monásticas extintas em 1834.
 **********
P1040024 (483x640)
Vista parcial nave lateral.
 **********
P1040025 (478x640)
Aspecto nave lateral esquerda (norte).
 **********
P1040029 (640x480)
Aspecto da nave lateral direita (Sul)
 **********
P1040027 (471x640)
Ressurreição de Cristo – Alabastro esculpido em baixo-relevo em Notthingam, Inglaterra, sec. XV.
 **********
P1040031 (640x480)
Túmulo gótico de Dom Fernando I de Portugal.
 **********
P1040032 (640x480)
Túmulo da Rainha Maria Ana da Áustria em estilo barroco.
 **********
P1040033 (640x477)
Painéis em azulejo.
 **********
P1040034 (640x480)
Parcial de uma das capelas radiantes.
 **********
P1040035 (479x640)
Painel azulejar barroco – 1ª metade do Século XVIII.
 **********
P1040037 (640x480)
Nesta capela estão os túmulos de alguns nobres tais como da Rainha Maria Ana da Áustria (esquerda) e Dom Fernando I de Portugal (centro, ao fundo).
 **********
P1040038 (640x475)
Teto de uma das capelas radiantes do MAC.
**********
img174 (566x800)
Planta baixa do Museu Arqueológico do Carmo.

*****

img186

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s