Saint Raphael, Côte D’Azur – Como Chegar Saindo de Nice.


Imagem Destacada: Praia de Malibu.

*****

*****

Roteiro: Rio de Janeiro / Lisboa / Nice (Menton; Saint Raphael; Biot; Saint-Paul-de-Vence; Villefranche-Sur-Mer) / Marseille (Calanques; Cassis) / Aix-en-Provence (Ménerbes; Cucuron; Carpentras; Fontaine du Vaucluse; Uzés; Saint-Paul de Mausole; L’Isle-Sur-La-Sorgue; Saint-Saturnin; Saignon; Sault; Valensole; Lac de Sainte-Croix) / Paris (Estrasbourg) / Lisboa (Lagos; Tavira ) / Rio de Janeiro.

Obs: clique duas vezes na luva para ver as imagens aumentadas.

Saint Raphael, na Côte d’Azur, não é um balneário badalado como Cannes, Nice, Saint Tropez, Antibes ou Saint-Jean-de-Cap- Ferrat e, pelo que me consta, nunca foi lugar que tenha virado moda por conta de algum famoso que tenha passado por lá.

E por estar assim quietinho, quando se fala em seu nome quase ninguém sabe aonde fica; até amigos que já estão cansados de viajar pelo mundo nunca ouviram falar em Saint Raphael – não sabem o que estão perdendo.

ASPECTO DA CIDADE:

Saint Raphael está, literalmente, colado em Frejus. São duas comunas distintas no departamento do Var, na região da Provence-Alpes-Côte d’Azur, embora se possa pensar que seja uma cidade só. Museu, catedral, jardins zoológico e botânico estão em Frejus. Em St. Raphael, sobressaem os passeios pelo mar e também os esportes náuticos.

Em 2013, o trem em que íamos para Mônaco parou na estação de St. Raphael e, pelo que observei nesta rápida passada, aquele pedacinho de cidade muito interessante despertou-me a curiosidade. Como houve oportunidade no ano seguinte, fomos até lá e não nos arrependemos.

Mar azul, tranquilão, limpo (nem precisava dizer, mas fiz questão de reforçar) e praia de areia, Saint Raphael não é uma cidade do porte de Nice, embora tenha ares de uma cidade bem maior do que realmente é – comporta mais de 34 mil habitantes (maior que Menton).

Saint Raphael é moderna e toda arrumadinha – como se alguém tivesse acabado de passar um aspirador de pó – e parece tranquila. Dista em 67 km de Nice e em condução a viagem leva quase uma hora. Ou seja, se você quiser tomar um banho de mar tranquilo – bem diferente daquele “agito” de Nice – e não correr o risco de alguém espetar uma barraca de praia em seu umbigo, é o lugar ideal.  Ah! E sem aquelas pedras incômodas que faz você caminhar como se estivesse pisando em uma cama de faquir. Para quem sofre de esporão calcâneo, fascite plantar ou neuroma, por exemplo, melhor não arriscar e procurar uma praia que não seja de pedra. Cannes e Villefranche-sur-Mer também têm praia de areia e ficam ao lado de Nice.

A avenida que beira o mar é emoldurada por modernas construções: prédios que chamam atenção por sua arquitetura compõem um paredão entre a linha do trem e o mar e conferem muito charme à cidade.

As calçadas fazem as vezes de floreiras e um jardim muito bonito estende-se à beira-mar. A cidade é tão organizada que até em um espaço reservado para os cachorros “ficarem à vontade” foi pensado. Como estávamos em pleno Verão, os canteiros estavam floridos e Saint Raphael parecia estar preparada para uma grande festa: flores prá todos os lados.

Flores me encantam. De qualquer tipo. Lógico que tenho as minhas preferidas – violetas, por exemplo-, mas, de maneira geral, gosto de todas. Acho essas criaturinhas dotadas de incrível e indiscutível poder de transformação por mais singelas que sejam. Até cemitério sem flor fica sem graça, concorda? Sem trocadilho ou humor negro, fica muito “morto”.

E Saint Raphael estava colorida por flores de todos os tipos. Trata-se de um belo passeio. Valeu a conferida.

P1040264 (800x596)
Aqui no Poussin Bleu, ao chegarmos a St. Raphael, tomamos um bonito café com leite, pão, geléia etc.  Foi bem melhor que o decepcionante almoço.

 

P1040265 (800x592)
Os quiosques franceses para venda de jornais e revistas – obras de arte. Promenade René Coty.

 

P1040271 (800x600)
Promenade René Coty.

 

P1040273 (1024x831)
Promenade René Coty.

 

P1040275 (800x595)
Promenade René Coty. Do outro lado, a avenida ganha outro nome: Promenade de Lattre de Tassigny.

 

P1040278 (800x600)
Promenade Lattre de Tassigny.

 

P1040279 (800x598)
Plage du Veillat

 

P1040284 (800x478)
O sagrado e o profano: Igreja N. S. da Vitória e o Cassino Barrière.

 

P1040286 (1024x761)
Square Bonaparte.

 

P1040287 (1024x768)
Square Bonaparte.

 

P1040291 (800x600)
Meu primeiro contato com lavandas – Square Bonaparte.

 

P1040296 (800x600)
Beira Mar de Saint Raphael.

 

P1040297 (1024x768)
Cassino Barrière.

 

P1040298 (800x600)
Plage du Veillat.

 

P1040299 (800x600)
Plage du Veillat.

 

P1040301 (1024x768)
Plage du Veillat.

 

P1040307 (800x600)
Prédios modernos à beira-mar. Plage du Veillat.

 

P1040310 (800x600)
Espaço reservado para cachorros.

 

P1040311 (800x600)
Plage du Beau-Rivage.

 

P1040312 (800x600)
Plage du Beau-Rivage.

 

P1040313 (1024x768)
“Um amigo meu disse que em samba / Canta-se melhor flor e mulher” – Dorival Caymmi. Canteiro do Boulevard Raymond Poincaré.

 

P1040314 (1024x768)
Boulevard Raymond Poincaré.

 

P1040315 (1024x768)
Este tipo de folhagem encantou-me por sua forma e cores. Não o conhecia. Linda!

 

P1040323 (800x600)
Praia de Beau-Rivage.

 

P1040336 (800x598)
Estação ferroviária.

 

P1040337 (800x600)
Plataforma estação ferroviária. O teto foi aproveitado para amplo estacionamento sem cobertura.

 

img186 (2)

2 opiniões sobre “Saint Raphael, Côte D’Azur – Como Chegar Saindo de Nice.”

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s