Rancho Açoriano no Ribeirão da Ilha, Florianópolis – Tradição de Boa Mesa.


Endereço Ribeirão da Ilha: Rua Baldicero Filomeno, 5634 – Ribeirão da Ilha, Florianópolis – SC, 88064-000
Telefone reservas: (48) 3337-0848

Coqueiros: PRAIA DE ITAGUAÇU: 3249 1414

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO
COQUEIROS:

segunda-feira –11:30-23:30
terça-feira –11:30-23:30
quarta-feira –11:30-23:30
quinta-feira –11:30-23:30
sexta-feira –11:30-23:30
sábado –11:30-23:30
domingo –11:30-16:30

RIBEIRÃO DA ILHA

segunda-feira –11:30-23:00
terça-feira – Fechado
quarta-feira –11:30-23:00
quinta-feira –11:30-23:00
sexta-feira –11:30-23:00
sábado –11:30-23:00
domingo –11:30-16:30

Minha Nota: 10/10

Já foi dito e repetido aqui no blog como você poderá chegar ao Ribeirão da Ilha, mas não custa escrever novamente. Vamos lá:

Como Chegar de Carro ao Ribeirão da Ilha: do Centro de Florianópolis, pegar a SC – 405 que passa pelo bairro chamado Rio Tavares. Este é o caminho. Basta seguir em frente observando as indicações das placas para o Campeche/Armação/Pântano do Sul/Ribeirão. Não tem erro.

Como Chegar de Ônibus: Há duas paradas de ônibus no centro de Florianópolis, próximos à Praça XV. Os ônibus de números 561 e 4124 (o amarelinho) passam pelo Ribeirão. O ponto final é na Caieira da Barra do sul. Portanto, condução você terá passando pela porta do restaurante.

Em caso de dúvidas clique aqui  e consulte o site das empresas de ônibus de Florianópolis. Mais informações aqui.

O Rancho Açoriano (clique aqui para acessar o site) é uma das pontas daquele triângulo de restaurantes de difícil escolha citado em outra postagem.

Mas, como sei que você não se dará ao trabalho de procurá-los, e como não tenho personalidade mesmo, vou repetir quais são para que você não tenha trabalho. Só não pode acostumar. São eles: Ostradamus e Porto do Contrato. Esses três dominam o Ribeirão e não tem prá mais ninguém em minha modesta opinião.

Foi a primeira vez que lá estive e fiquei fã. Prontamente gostei do estacionamento: amplo – é só atravessar a rua porque fica bem em frente ao restaurante -, e há um funcionário organizando a ocupação das vagas.

No restaurante, além da amplidão dos salões térreo e jirau, o Rancho Açoriano também adotou a idéia do deck e estendeu seu espaço para quem desejar fazer parte da bela paisagem – mar…, céu…, sol…, pipilar de gaivotas…, barulhinho de onda quebrando…

Decoração descontraída para combinar com beira de praia e deixar todo mundo à vontade, garçons atentos e simpáticos, comida boa e recepção do proprietário – ói,ói,ó!…-, fazem parte do perfil do restaurante.

Pergunto: e prá que mais?

DSCN0943 - Cópia
O Rancho Açoriano conta nesta página do cardápio como tudo começou.

A idéia de os restaurantes contarem um pouco de sua trajetória nas primeiras páginas do cardápio é uma feliz idéia. Lembra-me álbum de retratos, em que fotos mostram como éramos quando crianças e como fomos ficando com o passar dos anos. E o Rancho Açoriano, tal qual uma pessoa que fica mais bela quando envelhece, não fugiu a essa regra. A comparação é um tanto inadequada, mas faz sentido e você verá porque pelas fotos.

P1110393 (1024x768)
O restaurante, visto do estacionamento.

P1110392 (1024x768)

P1110389 (1024x867)

P1110390 (1024x743)

DSCN0945 (805x1024)

A parte elucidativa quanto às propriedades e composição química das ostras.

DSCN0947 (584x800)
Alguns preços praticados pelo restaurante.

*****

P1110377
O momento da chegada das ostras que minutos após estariam em nossos pratos. Os moluscos consumidos no restaurante são criados na fazenda do próprio restaurante.

*****

DSCN0948 (800x600)
Ostras gratinadas como entrada…

*****

DSCN0951 (800x600)
… e à milanesa com molho tártaro.

*****

DSCN0952 (1024x768)
Garoupa ao molho de camarões e Champignons.

*****

DSCN0953 (1024x768)
Acompanhamentos.

*****

P1110370 (1024x768)
Tal quais outros restaurantes, o Rancho Açoriano possui fazenda própria de moluscos. Março 2015.

*****

P1120281 (1024x753)
O mesmo local meio ano mais tarde – Setembro 2015.

*****

P1110374
Bastidores do restaurante.

*****

P1110375 (1024x768)
Mesmo em dias chuvosos meu Ribeirão não perde sua beleza.

*****

P1110380 (1024x665) (2)
Camarão pistola…

*****

P1110383 (1024x768)
…muito bem acompanhado por pirão, palmito, batata souté e salada crua, só para contrariar o velho ditado “Antes só do que mal acompanhado”.

*****

DSCN0964 (1024x768)
Mesas com vista para o mar – nosso canto predileto.

*****

P1110388 (1024x826) (2)
Momento de trégua da chuva.

*****

DSCN0967 (1024x768)
Continuação do espaço com vista para o mar.

*****

DSCN0973 (1024x768)
Esta escada belíssima conduz ao jirau.

*****

DSCN0974 (1024x768)
Os espaços amplos do Rancho Açoriano significam a grande procura pelo restaurante.

*****

DSCN0975 (1024x768)
Salão no piso superior.

*****

DSCN0976 (1024x768)
Estar do piso superior – um charme.

*****

DSCN0979
E depois de tudo… aqui se paga.

*****

Em 21 de setembro, uma segunda-feira, estávamos novamente curtindo as delícias do Rancho e da companhia dos familiares em nossa mesa predileta – junto à janela e próxima ao mar.

Desta vez abrimos nossos trabalhos com uma porção de Anéis de Lula à Milanesa e uma fantástica Sequencia de ostras: 36 no total. Dêem só uma olhada nos pratinhos da criançada.

P1120268 (1024x594)
Lulas à milanesa.

*****

P1120271 (1024x840)
Sequencia de ostras: in natura, ao bafo, aceboladas, ao molho campanha, gratinadas, à milanesa e ao alho e óleo (magníficas).

*****

P1120274 (1024x565)
Como pratos principais pedimos um Congrio (é bom esclarecer que, na travessa, 50% do peixe não saiu na foto) regado com um molho especialíssimo de camarões…

*****

P1120276 (1024x844)
E ainda um Camarão Gratinado ao Molho Provençal que deixaria Netuno com água na boca.

*****

Fui rapidamente à Florianópolis resolver pendências, mas mesmo assim não deixei de “dar um cheiro” no Ribeirão, lugar onde ficou parte de meu coração desde que o vi pela primeira vez.

É olhando para aquele mar preguiçoso –  mar sem a menor pressa para lamber a beira da praia ou quebrar suas pequenas ondas – que me abasteço de tranquilidade e me encho de energia. Ira à Florianópolis e voltar ao Rio sem ver meu amado não dá.

*****

P1120291 (1024x754)
O trapiche, para quem deseja ficar bem mais perto do mar…

 *****

P1120288 (1024x768)

*****

O pratarraz de ostras é um convite à gula. Pecamos em 28.12.2015.

DSCN1601 (1024x768)
Racho Açoriano – cada vez melhor…

*****

img186

*****

4 opiniões sobre “Rancho Açoriano no Ribeirão da Ilha, Florianópolis – Tradição de Boa Mesa.”

    1. Olá, Marcelo! Que bom vê-lo por aqui! Muito obrigada pelo carinho.
      Pois é, o Rancho Açoriano é um Paraíso inserido em outro – o meu amado Ribeirão da Ilha.
      Essa festa, incluindo bebidas tais como água, sucos e refrigerantes saiu na média de R$100,00 por pessoa.
      Isso, sem falar no ambiente e na localização do restaurante, na beirinha da praia. Prá que mais?
      É um baita fiu-fiu.
      Beijocas da amiga Marilia.

      Curtir

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s