Florianópolis, SC: Jurerê Internacional.


Imagem Destacada: Jurerê Internacional.

*****

Como Chegar de Carro: Do Centro de Florianópolis, seguir pela Avenida Beira Mar até encontrar o viaduto Vilson Kleinubing, acesso ao Norte da Ilha. Suba o viaduto e continue em frente por esta avenida (Av. da Saudade) até seu final, onde você deverá dobrar à esquerda.

Neste viaduto começa a SC-401 que você deverá seguir até encontrar a placa indicativa para Jurerê Internacional. Suba mais este viaduto e siga em frente até encontrar uma encruzilhada. Vire à direita para acessar Jurerê Tradicional ou siga em frente para chegar ao Centrinho de Jurerê Internacional.

Como Chegar de Ônibus: A linha principal que faz este trajeto pertence à Auto Viação Canasvieiras. O ônibus é o “amarelinho” nº 1123, o executivo que para no antigo terminal bem próximo à Praça XV de Novembro.

Caso pretenda usar o ônibus convencional, terá que pegar duas conduções para chegar a seu destino: uma do Centro TICEN até TISAN – Terminal de Santo Antonio de Lisboa – e outra deste terminal até Jurerê. Acho complicado…

Há um site que explica com riqueza de detalhes os números, horários e destinos dos ônibus amarelinhos. Veja aqui.

*****

Vamos ao que interessa:

Em Belém há uma chuva forte que cai diariamente na parte da tarde e isso não é novidade prá ninguém.
O fenômeno é tão certeiro que muitos marcam seus compromissos ou encontros para antes ou após a chuva. Eu mesma estive na cidade há muitos anos e comprovei o fato.

Alguns bairros da Ilha de Santa Catarina e cidades sulistas que faturam com o turismo da alta temporada, também têm seu “antes e depois” (só que nada tem a ver com chuva) que faz mudar totalmente o perfil do ambiente. Que o descanso dos moradores de Jurerê Internacional é o “depois” que chega com o início das aulas – um divisor de águas  – é um fato incontestável.

A Ilha da Magia na época do Verão é totalmente distinta daquela cidade que volta a seu ritmo normal no fim da temporada, e os bairros do Norte da ilha mostram essa diferença gritante, para espanto de quem nunca visitou essa parte do litoral ilhéu durante o período escolar.

Ingleses, Costão do Santinho, Cachoeira do Bom Jesus, Canasvieiras e Jurerê são alguns bairros onde reina Sua Majestade, o Sossêgo, quando as aulas começam.

Mas, como o mais badalado de todos é Jurerê Internacional – que recebe personagens de todas as tribos da Europa e Estados Unidos -, fiz questão de fotografar o Centro do famoso bairro agora em março de 2015 – sensível diferença.

Esse pedaço da Ilha de Santa Catarina que tornou-se conhecido no exterior, e que na temporada recebe conhecidos jogadores de futebol, artistas de cinema e TV (nacionais e internacionais), além de personagens da Corte Monegasca como já aconteceu há poucos anos, deixa saudades do tempo em que era apenas Jurerê e que para se chegar à praia, forçosamente se passava por caminhos estreitos em que o mato ficava bem marcado pelo ir e vir de moradores até a praia.

Eu mesma, junto com familiares, certa vez levamos um baita susto quando uma cobra verde atravessou rapidamente em nossa frente em um desses caminhos. Fomos nós para um lado, aos gritos, e a cobra, coitada, assustada, para o outro. E quem disse que queríamos continuar seguindo até à praia?

No Verão de 2013 vi um rapaz de seus 18 anos mais ou menos, executar um “cavalo de pau” com uma Ferrari, na esquina das Avenidas  Búzios com Raias. Pensei que a demonstração de babaquice fosse apenas aquela, mas não: o tanso deu mais duas voltas no quarteirão e voltou a repetir a façanha para nenhuma platéia. A troco de quê, se sua claque estava toda na praia?
Nessa época a moçada se junta em determinado trecho da praia e o transforma em discoteca à beira mar. Neste “point”, não se mede mais o poder aquisitivo dos turistas por suas máquinas possantes, mas pela quantidade de garrafas de Champanhe caríssimos que jazem em cima das mesas.

Os mais abastados vindos de não sei onde alugam casarões por verdadeiras fortunas e os transformam em verdadeiros infernos para a vizinhança. São noites & noites de pura orgia que deixam Sodoma e Gomorra no chinelo e matariam Baco de vergonha. Até garotas de programa são “importadas” e chegam de avião, exclusividade que não tem preço e bastante compreensível. Difíceis são os moradores que não compreendem as brincadeirinhas dos bacanas, em seu sentido mais literal da palavra.

Helicópteros até bem pouco tempo aterrissavam em terrenos baldios sem a menor cerimônia. O importante é parecer ser chic (?) nesta imensurável fogueira de vaidades e falta de ética.

O comércio fatura…, os comerciantes comemoram…, enquanto moradores se desesperam com a algazarra que avança madrugada adentro. O bairro fica insuportavelmente lotado, tomado por vândalos e inescrupulosos que desconhecem seus limites e pensam “marcar território” com suas polpudas carteiras de notas.

O alento vem do esperado dia de início de aulas – contagem regressiva anotada ansiosamente com um “x” no calendário preso na parede – em que tudo volta ao normal depois que esta banda desafinada passa.

*****

E para quem ainda não sabe, corre à boca pequena que Jurerê Tradicional muito em breve mudará de nome: será “Jurerê Niemeyer”, em homenagem ao famoso arquiteto recentemente homenageado com um busto em uma praça do bairro. Ficou muito mais chic que “Jurerê Internacional”. Gostei, mas os moradores é que têm que gostar.

Pelo que você verá a seguir é que a maioria dos moradores ergue braços e pernas aos céus quando a temporada termina.

DSCN1207
Cafeteria Jurê, onde almoçamos – Av. dos Búzios.

*****

DSCN1209
Movimento da cafeteria fora da temporada de Verão.

*****

DSCN1208
Vista da Cafeteria Jurê.

*****

DSCN1211
Av. dos Merlins – Jurerê sem movimento intenso de turistas.

*****

DSCN1212
Avenida dos Búzios.

*****

DSCN1213
Avenida dos Búzios.

*****

DSCN1214
Avenida dos Búzios.

*****

DSCN1215
Open Shopping – a rua que não dorme na alta temporada…

*****

DSCN1216
… e muito menos os moradores.

*****

DSCN1217
Open Shopping.

*****

DSCN1219
Av. dos Merlins.

*****

DSCN1221
Av. dos Merlins.

*****

DSCN1223
Ah…, Jurerê. Se todos fossem iguais a você…

*****

DSCN1222
Praia de Jurerê Internacional fora da temporada: lotada!

*****

img186 (2)

6 opiniões sobre “Florianópolis, SC: Jurerê Internacional.”

    1. Larissa, acabei de obter informações com minha prima Jane, moradora de Jurerê há anos.
      Ao sair do aeroporto, no lado direito, pegue o ônibus Executivo. Esse ônibus é amarelo. Só funciona em dias úteis. Linha 6120 – Aeroporto / Corredor Sudoeste. Este ônibus deixará você no Ponto Final, no Terminal Cidade de Florianópolis (http://www.mobfloripa.com.br/linha_det.php?codigo=373).
      Neste terminal, peque outro ônibus para Jurerê. Linha 1123 (http://www.consorciofenix.com.br/horarios/executivo-jurere,1123).
      Caso queira inteirar-se a respeito das linhas de ônibus da cidade, consulte esses links: http://www.guiafloripa.com.br/cidade/mobilidade-urbana/sistema-integrado-de-transporte, E AINDA:http://www.guiafloripa.com.br/turismo/informacoes-gerais-sobre-turismo/aeroporto-internacional-hercilio-luz/transportes-aeroporto.
      Layssa, qualquer dúvida basta escrever. Esperamos tê-la ajudado. Liguei agora do Rio para Florianópolis três vezes para confirmar essas informações com minha prima.
      Outra coisa: segundo Jane, as tarifas estão prestes a aumentar. Passarão para R$8,00 (oito reais) cada passagem.
      Abraços nossos e Bem-Vinda à Florianópolis. Garanto que você vai amar nossa ilha.
      Marilia e Jane.

      Curtir

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s