FRANÇA . PROVENCE – Fontaine du Vaucluse –


IMAGEM DESTACADA: Rio Sorgue.

FONTAINE-DE-VAUCLUSE
Fontaine-de-Vaucluse é uma comuna no departamento de Vaucluse (região de Provence-Alpes-Côte d’Azur). A cidade de Fontaine-de-Vaucluse pertence ao cantão de Isle-sur-la-Sorgue e do distrito de Avignon. Clique aqui para saber mais.

P1050201 (1024x768)
Vista da ponte próxima à Prefeitura.

P1050193 (1024x768)
Rio Sorgue.

P1050197 (1024x768)P1050198 (1024x694)P1050208 (1024x768)P1050209 (1024x768)  P1050211 (1024x768)P1050212 (1024x768)

P1050214 (1024x768)

P1050215 (768x1024) P1050218 (768x1024)

Anda-se um pouco por um caminho árido e pedregoso margeando o rio até surgir a fonte. Na árvore da foto à direita há uma marca sutil logo acima das raízes, que mostra o nível máximo atingido pela água.
A foto abaixo a marca está mais nítida. Observe a diferença das cores no paredão: até a parte mais escura logo abaixo da hera ficou submersa.

P1090134 (768x1024)

A nascente (ou fonte) situa-se na base de um penhasco íngreme de 230 m de altura. Trata-se do maior manancial da França e o quinto do mundo
O fluxo normal de vazão de água é de 23 m³ por segundo. Em época de desgelo de neves pode atingir cerca de 110 m³ por segundo.
Foi em 1985 que o mistério quanto à profundidade da fonte foi revelado: 308 metros, medidos com o auxílio de um robô pertencente à Sociedade de Espeleologia Fontaine du Vaucluse.
Essa fonte serve de vazão para uma bacia de 1.200 m² que coleta águas do Monte Ventoux, das Montanhas do Vaucluse e da Montanha Lure (wikipedia.org).

P1050220 (1024x768)

P1090119 (1024x768)

P1090120 (1024x768)

P1090122 (1024x768) Algas que colorem o Sorgue em vários tons de verde.

P1090127 (1024x768)

P1090142 (1024x768)

No Centro de Isle-sur-la-Sorgue há um museu (se é que podemos definir assim) no qual reconstituíram o funcionamento de uma fábrica de papel nos mesmos moldes de antigamente.

“Aqui está a reconstituição de um moinho destinado à fabricação de papel como era na França no final da Idade Média”.

Na Provence, no Comtat Venaissin o aparecimento dos primeiros “batedores” data do início do século XIV – Carpentras, 1374.
Em Fontaine de Vaucluse o primeiro moinho nasceu em 1522 e funcionou até 1968.

P1090138 (1024x768)

Pelas fotos, talvez você imagine que o lugar nada tenha para oferecer a não ser mesmice: águas cristalinas que embalam em movimentos suaves as algas do leito do rio e nada mais, não é?
Errou, cara pálida! Ao longo da margem paramos algumas vezes para apreciar não apenas a beleza  que se revelava a cada ângulo, bem como ouvir aquele “barulhinho bom” das águas do rio, música da melhor qualidade para ouvidos sensíveis, enfim, um convite irrecusável ao relaxamento…

CONTATO:

img186 (2)

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s