Yucay, Peru: Hotel Sonesta Posada del Inca.


Foto em Destaque: parcial do imenso jardim que cerca o hotel.

Endereço: Plaza Manco II 123 Yucay- Urubamba, Cusco.
Telefones:Tel: 51.84.20.1107 e Fax: 51.84.20.1345

Um dos pontos altos do passeio que muito nos agradou foi este hotel de 88 quartos onde antigamente funcionou um mosteiro.
Jamais poderia imaginar que no distrito de Yucay, uma localidade tão desprovida de vaidades, pudesse encontrar um hotel tão sofisticado quanto este onde paramos apenas para almoçar.

O hotel dista em 1 hora de carro da cidade de Cusco, 5 minutos de Urubamba e a 30 km de Machu Picchu.

O mercado de artesanato e as ruínas de Pisac, bem como as de Ollantaytambo, ficam aproximadamente a 15/35 km de distância do hotel, bem como as Minas de Sal de Maras e a cidade de Chinchero – outro ponto de interesse do Vale Sagrado.

OBS: de Ollantaytambo a Machu Picchu não há estradas e o trajeto só pode ser efetuado por trem.
Em minha opinião é mais vantajoso sair de Poroy direto para Machu Picchu. Poroy dista em 15/20 minutos de carro de Cusco.
Clique no link a seguir e saiba mais a respeito desse trajeto e da compra de bilhetes para você acessar os sítios arqueológicos e viajar nos trens.

DICAS IMPORTANTES DO BLOG ANDARILHOS DO MUNDO:

Quem dá as dicas com riqueza de detalhes são os responsáveis pelo blog Andarilhos do Mundo. Os rapazes foram muito felizes em suas informações. Melhor impossível e por isso faço questão de citá-los:
https://vaiviajaristepo.com/2015/12/20/cusco-peru-vale-sagrado-mercado-de-artesanato-de-pisac/.

Agora voltemos ao hotel. Os jardins estão em toda parte e são bem tratados. Pela propriedade atravessa um córrego de águas limpas ladeado por flores e plantas de várias espécies, o que confere um charme muito especial ao Sonesta.

Há vários tipos de acomodação na vasta propriedade e alguns prédios, como o da administração, por exemplo, conta com ampla varanda e móveis confortáveis para quem quiser relaxar. Para quem prefere ambiente fechado, há um salão de estar bem grande com móveis do mesmo padrão que o convidam para uma boa cochilada – aquela mesma que você já conhece… de a cabeça cair prá todos os lados.

P1120793

O hotel conta ainda com uma capela – onde vez ou outra acontece um casamento -, um café, serviço médico, sala de reuniões com capacidade para 350 pessoas, serviço de câmbio, boutique e ainda uma feira de artesanatos que acontece em frente à capela.

Esta unidade da cadeia Sonesta está situada entre Chinchero e Urubamba e para acessá-la você terá que sair da estrada principal e pegar uma paralela.  Nada difícil: a entrada do hotel chama atenção e você logo a vê por ficar em frente à praça que terá que contornar.

100_1144 (1024x768)

*****

100_1149 (1024x768)

*****

100_1150 (1024x768)

*****

100_1152 (1024x768)
Área de estacionamento logo que se entra na propriedade.

*****

100_1155 (1024x768)
O hotel abriga muitos hóspedes em diversos tipos de acomodação. Todas cercadas por jardins.

*****

P1120746 (1024x768)

*****

P1120747 (1024x768)

*****

P1120748 (1024x768)
Até uma capela há na propriedade, onde vez ou outra celebram-se casamentos.

*****

Interior da Capela:

P1120769 (1024x768)

P1120771 (1024x768)

P1120772 (1024x768)

P1120774 (768x1024)
Senhor de Muruhuay.

*****

Algumas pontes iguais a essa que se vê na foto fazem a ligação das alas onde ficam os apartamentos. Por baixo passa um riacho que percorre vários pontos do jardim do hotel. Imagine-se ouvindo o barulhinho da água quebrando o silêncio da noite de Yucay…

P1120795

P1120797
O hotel permite que artesãos exponham suas obras no jardim, o que facilita a aquisição de peças decorativas muito originais. Sob os arcos, uma varanda larga e longa serve de extensão para o restaurante.

*****

RESTAURANTE:

P1120777 (1024x768)

P1120778 (1024x768)

P1120779 (768x1024)
Em trajes típicos de pura lã e embaixo de  Sol escaldante, a dupla nos agraciou com lindas músicas enquanto almoçávamos. Não sei como suportaram a alta temperatura .

*****

Do buffet constavam excelentes pratos da rica culinária peruana, tais como: mousse de abacate, salada de grão de bico, salada de batata (não conhecia esta espécie) acompanhada por laranja e ceviche de peixe. Molho de aji amarelo para enriquecer o paladar e apimentar as iguarias.

P1120751 (1024x768)

P1120752 (1024x768)

P1120753 (1024x768)

*****

Para aqueles de paladar mais conservador, sopas – deliciosas! – e saladas tradicionais: tomate, cenoura ralada, vagem, beterraba, brócolis…

P1120754 (1024x768)

P1120755 (1024x768)

Completavam o buffet: pratos quentes variados – frango, carnes, peixes, arroz e vários tipos de acompanhamentos igualmente quentes e ainda: pães e … as sobremesas, claro. Nota 10 para tudo. Adoramos!

Após o almoço entramos na capela e agradecemos nossos dias a essa Força Estranha tão cantada por Roberto Carlos.

*****

FURADA!

Em um site conhecidíssimo de viagens encontrei notas desabonadoras interessantes a respeito do hotel: um hóspede ressaltou o transtorno que lhe causou o piso de madeira das acomodações superiores. O simples caminhar de seus ocupantes era suficiente para lhe tirar a tranquilidade – hospedou-se no térreo.
Este mesmo hóspede chama atenção para a falta de frigobar.
A região é muito quente durante o dia e, concordo, frigobares são muito necessários.
E ainda outra avaliação diz respeito à má impressão causada pelos quartos onde freiras viviam enclausuradas. Nas portas conservaram as aberturas por onde se comunicavam e as chaves, pelo que escreveu a senhora, indica que continuam as mesmas da época.
Segundo suas informações, no check-in os hóspedes recebem informações a respeito de segurança, o que a deixou assustada. Claro! Além disso, reclamaram dos vários tipos de insetos pousados nas paredes dos quartos.
Essa hóspede escreveu que não conseguiu dormir e que não retornaria ao hotel. Com razão.
E aqui vai um reforço: eu e meu fiel escudeiro não nos sentimos nem um pouco seguros no San Agustin de Urubamba, além de a cozinha ser horrível e o tratamento no café da manhã tenha deixado a desejar.
Além disso, este hotel fica em beira de estrada. Ouve-se transitar de veículos durante a madrugada e um cachorro latiu a noite toda incomodando-nos sobremaneira.

Trata-se de outro hotel que não recomendo.

Moderadora: Rosa Cristal

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

2 opiniões sobre “Yucay, Peru: Hotel Sonesta Posada del Inca.”

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s