San Agustin Urubamba Hotel – Por fora, bela viola.


IMAGEM DESTACADA: Jardins do Hotel.

*****

URUBAMBA, onde o Agustin está localizado, trata-se de uma das 13 províncias que forma o Departamento de Cusco e conta com aproximadamente 80.000 habitantes.

Nesta localidade há vários hotéis notáveis – incluindo alguns de luxo – e penso que esse crescimento deve-se à proximidade de Ollantaytambo, distante em 20 km, povoado de onde partem os trens para Águas Calientes, o ponto final para os desejosos de conhecer  Machu Picchu pegarem o ônibus e subir a montanha.

O quarto que ocupamos era espaçoso, bem como o banheiro. Colchões e travesseiros confortáveis, roupa de cama e banho limpas e boa aparência.

DO QUE NÃO GOSTAMOS:

Um pormenor foi o suficiente para que não conseguíssemos relaxar e dormir: quarto de frente, bem próximo da estrada.
Embora sem qualquer semelhança com o movimento de uma BR-101 o pouco trânsito da madrugada incomodou bastante. Para engrossar o caldo, um cachorro latiu até o amanhecer. Ninguém merece! E pensar que pagamos por esse desconforto é muito desagradável.
Outro ponto negativo foi o serviço de jantar: comida horrorosa, mal feita, sem gosto. A sopa era pura água valorizada no cardápio sob um título francês. Nem em hospitais comi tão mal. Quantidade sem nenhuma qualidade. Saí agastada do restaurante, pensando na cara de pau de quem pilotou o fogão.
Há de se ter muita coragem para servir um refeição daquelas em um hotel que se anuncia como de qualidade.
E como não havia frigobar no quarto, não pude contar nem com aquele tradicional chocolatinho salvador de pátria.

Dia seguinte no café da manhã ouvi reclamações idênticas às minhas, mas acaba ficando por isso mesmo porque ninguém se dá ao trabalho de reclamar por escrito conforme fiz com o agente de viagens – Edson de Piracicaba.

Essa passividade, essa má vontade do viajante, conforme lhe escrevi e deixei bem claro, resulta em pontos positivos para agentes e operadores, que acabam pensando que estão agradando quando não é nada disso.

E a consequencia dessa inércia é lógica: até as moscas acabam sendo sempre as mesmas.

 *****

DSCN1370 (1024x768)
Exemplo de que as aparências enganam. Em cores!

 

DSCN1372 (1024x768)
… e de que “quem vê cara não vê coração”.

*****

P1120802
A porta que se vê na foto não ofereceu a menor segurança. E como estávamos de frente para a estrada e a curta distância, foi outro desasossêgo.

*****

P1120803
Camas confortáveis, colchões largos. Muito bons.

*****

img186 cópia

4 opiniões sobre “San Agustin Urubamba Hotel – Por fora, bela viola.”

  1. Que pena, um lugar tão belo e agradável com um serviço tão péssimo, ainda bem que há hóspedes consciente e que pesam também em outros hóspedes que virão, como você que deixou resgistrado o seu desgosto, quem sabe eles reconsideram e melhoram o atendimento. Parabéns pela coragem e a disponibilidade de tempo perdido com o registro dos desconfortos.

    Curtir

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s