FLORIANÓPOLIS – Caminho dos Açores e Estrada Haroldo Soares Glavan – Você Sabe Onde Ficam?


FOTO EM DESTAQUE: Paisagem vista da Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.

E daí, guri(a)? Acertaste ou não sabes mesmo onde ficam?
O Caminho dos Açores é mais o conhecido porque começa na Praça Getúlio Vargas – aquela pracinha que fica em frente à Igreja N. S. das Necessidades no centrinho de Santo Antonio de Liboa.
A Estrada Haroldo Soares Glavan é a opção que o motorista tem para chegar à SC-401 trafegando à beira-mar (saída no acesso para o Cacupé).
Saindo da praça basta dobrar à direita antes de chegar ao final do Caminho dos Açores, por onde você também acessa a SC-401. Há placa indicativa. Trata-se da estrada que vai para o Cacupé. Esta é a …

… ESTRADA ALTERNATIVA PARA QUEM PARTE DO NORTE DA ILHA em direção AO CENTRO DE FLORIANÓPOLIS.

Por ser apaixonada por esse caminho, não levem em consideração meus elogios. Sou suspeita ao dizer o mínimo que seja quando o assunto é Santo Antonio de Lisboa. Sei não, mas acho que vocês me darão razão quando virem as fotos. Canto-o em verso e prosa e por isso é bom mesmo desconfiar. Imagine! Trocar essa maravilha pela SC-401! Nem morta, istepô!

QUEM PARTE DO NORTE DA ILHA EM DIREÇÃO AO CENTRO normalmente prefere seguir pela rodovia porque o tráfego é mais fluente.
Em compensação, não desfruta da beleza que a natureza oferece – e “de grátis!” – ao longo desses caminhos. E vou te dizê – ó istepô quiridu que acompanha o blog – só “mash” uma coisinha: acredito que sejam essas paisagens deslumbrantes que acabam por atrasar quem está com pressa e por isso escolhem a 401.

As paisagens que emolduram Açores e Haroldo Glavan convidam o motorista a diminuir a velocidade do veículo e apreciá-la. Gosto tanto desse trajeto que consigo sentir as sensíveis diferenças que o Universo nos traz a cada dia; óbvio que me atrai e me faz gostar desse caminho cada vez mais. Confiram  e depois me digam se tenho ou não razão.

As fotos de minha autoria, tomadas na parte da manhã e ao entardecer.

NOTA: Fotos sem legenda falam por si. Desnecessário repetir o que ficou esclarecido no texto.

Florianópolis - Dez 2014 (128)
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS NECESSIDADES, no centrinho de Santo Antonio. Em frente, a Praça Getúlio Vargas.   
Florianópolis - Dez 2014 (107)
Parcial da PRAÇA GETÚLIO VARGAS, vista do interior da igreja. 
DSCN1556 (1024x768)
CAMINHO DOS AÇORES – lado direito de quem trafega em direção ao Centro de Florianópolis.

DSCN1560 (1024x762)

ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN.

DSCN1580 (1024x768)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – CACUPÉ.  
DSCN1587 (1024x763)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – Praia de CACUPÉ              
DSCN1635 (1024x553)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – CACUPÉ.                        
DSCN1638 (1024x640)
Praia do CACUPÉ – Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.      
DSCN1639 (1024x768)
CACUPÉ.
DSCN1686 (1024x768) (1023x618)
CACUPÉ.

CAMINHO DE VOLTA – CENTRO DE FLORIANÓPOLIS/SANTO ANTONIO DE LISBOA.

DSCN1684
Morro da Cruz e Florianópolis à esquerda. À direita, o Estreito (continente).
DSCN1692 (1024x762)
Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.  Ao fundo as Ilhas Ratones – Ratão Pequeno à esquerda. À direita, Ratão Grande.                                                                                        
DSCN1693 (1024x763)
Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.      

Visitar Santo Antonio de Lisboa é voltar no tempo, é sentir-se em uma aprazível e pacata cidadezinha do interior, mas com uma sensível diferença:  que dorme e desperta, languidamente, em frente ao mar.

Telhados denunciam que a madeira queima em algum antigo fogão à lenha e pequenas hortas brotam ao lado de  casas de pescadores cujo quintal é esse mar que nos contamina com sua tranquilidade.

Veja abaixo: quem, em uma cidade grande, estende suas roupas na beira de uma estrada para que sequem ao vento?

DSCN1695 (1024x736)
Caminho dos Açores em SANTO ANTONIO DE LISBOA.    

Ou vê o por-do-sol, diariamente, quase encaixar-se na depressão da montanha e despedi-se do dia?

DSCN1696 (1024x766)
Por do Sol – mais um! – visto da POUSADA MAR DE DENTRO no CAMINHO DOS AÇORES.

Para saber mais a respeito de Santo Antonio de Lisboa e Cacupé, dê uma olhada nestes trabalho louvável de outro carioca apaixonado pela Ilha de Florianópolis: http://www.guiafloripa.com.br.

img186

Moderadora: RosaCristal  

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s