PERU, Lima – Restaurante IK: Muito Além Do Que Você Possa Imaginar.


IMAGEM DESTACADA: Arte Culinária Peruana – Satisfação Em Todos os Sentidos.

 IK!

Há muito o que dizer em se tratando de um dos melhores restaurantes de Lima, mas nem sei por onde começar.
Reservamos dois lugares para jantar e partimos IK. Chegamos cedo, o restaurante ainda estava fechado. Aguardamos por alguns minutos e logo a seguir fomos convidados a entrar.

O ambiente é exótico: plantas adequadas para ambientes pouco iluminados cercam o salão, fixadas nas paredes por nichos iluminados. No ar, sons de canto de pássaros e cuinchar de macacos nos dão a sensação de estar em uma floresta.

Pudera! A proposta do chef, pelo que entendi do discurso do recepcionista, trata-se de uma culinária voltada para a Amazônia, e a decoração, naturalíssima, combina com seu objetivo.
Do teto são projetadas imagens fantásticas sobre as mesas. Formas com que nos deparamos ao cortarmos alguma fruta e das quais não nos damos conta por fazerem parte de nosso cotidiano.

São desenhos arquitetados pela natureza, escondidos dentro de cascas e cuias, mesclados a gomos e sementes. Essas imagens tão familiares estão agora embaixo de nossos narizes, chamando nossa atenção.

Sobre nossa mesa a projeção de um galho frutificado nos dava as boas-vindas – pura poesia. Os lugares são marcados com pedras em frente a cada cadeira.
A iluminação é pontual, perfeita para quem não aprecia a idéia de comer no escuro igual a mim. Mesas iluminadas ressaltam as cores do prato, aguçam seu apetite. Se for verdade que comemos primeiramente com os olhos, meu caminho é esse.

SUGESTÕES

Não me recordo de ter folheado algum cardápio  e se isso aconteceu foi com a rapidez de um raio. Ou folheei?
Lembro-me, sim, de um rapaz elegantíssimo em vestimenta e modos ter-se aproximado de nossa mesa para sugerir um menu degustação. Falava mais rápido que Usain Bolt em uma pista de corrida e, embora meu portunhol desajeitado não conseguisse acompanhar sua explicação, consegui pinçar uma palavra aqui e outra ali e aceitamos a sugestão.

Do menu faziam parte seis pratos e uma sobremesa. A cada prato tínhamos um novo cenário sobre nossa mesa. Ah! Quase ia me esquecendo: ao nos sentarmos à mesa, desligaram a projeção. Nenhuma sombra em cima da mesa a partir do momento em que o comensal a ocupa. Por motivos óbvios.

P1130132 (1024x768)
A cozinha, à esquerda e em frente, em nada destoa na decoração do ambiente. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130133 (1024x768)
O forno de barro proporciona a medida certa de calor para as delícias que nos foram servidas. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130134 (1024x768)
Sobre cada mesa uma projeção diferente. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130135 (1024x768)

P1130142 (1024x768)

P1130144 (1024x768)
Sobre pedras, as primeiras surpresas: na caixa, uma suave e finíssima espuma crocante quase não se sentia na boca, a não ser por seu tempero. Requinte quase mais leve que o ar…       Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130145 (1024x768)
Salmão, pele de salmão crocante, folhas e CUCHEROS cremosas algas que estouram na boca. E a espuma verde? Puro segredo do IK, deliciosa. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

Nota: Essas algas são flutuantes. Crescem em lagos e lagoas localizados em regiões de grande altitude no Peru. Lembrei-me imediatamente do Lago Titicaca.

*****

P1130149 (1024x711)
Molho coroado por escarolas roxas e verdes. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130150 (1024x768)
Ceviche servido em folha de bananeira.- pedaços de banana cortam a acidez dos temperos e o sabor se transforma como em um passe de mágica.  Batatinhas finíssimas  para acompanhar. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130153 (1024x768)
Peixe com escamas ou escamas crocantes com peixe? Não impota. Estavam magníficos. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130155 (1024x779)
Peixe, milho branco, molho. Folhas dão a aparência de corais. Mais uma obra  prima da arte culinária peruana. para você mergulhar de cabeça!  Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130157 (1024x717)
Farofa especial com lúcuma (a fruta que se vê na foto abaixo) e, se não me engano, toque de chocolate. Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130158 (1024x768)

Meu pecado foi não ter anotado a composição dos pratos. Mas, como pretendo voltar à Lima só para comer… me aguarde!

O GALHO ALEGÓRICO, GRAN FINALE

P1130161 (1024x866) (1024x866)
O Gran Finale ficou por conta desse galho alegórico, bem representativo do espírito dos  peruanos: alegre, divertido e muito colorido. Docinhos ocuparam lugares de destaque. Qualquer semelhança com nosso Carnaval é mera coincidência. AMEI! Foto Marilia Boos Gomes.

*****

P1130162 (1024x753) (2)
Nem o banheiro escapou do tema amazônico – o teto coberto com fotos de galhos de Primavera (ou Buganvileas) ganha dimensão com as quatro paredes espelhadas. Foto Marilia Boos Gomes.

P1130164 (1024x206)

*****

A nota triste fica por conta do falecimento de Iván Kisic, morto em um acidente automobilístico em novembro de 2012 aos 35 anos de idade.
É seu irmão Franco quem toca o restaurante que Iván concebeu, mas não chegou a inaugurar.

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

*****

MODERADORA: ROSA CRISTAL

2 comentários em “PERU, Lima – Restaurante IK: Muito Além Do Que Você Possa Imaginar.”

  1. Posso ser sincera, é tudo muito exótico e requintado, muito colorido e afrufusado, não me pareceu apetitoso, mas certamente se você está indicando é porque deve ser muito bom, mas eu achei esquisito.

    Curtir

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s