Lisboa – Centro Comercial Vasco da Gama e Parque das Nações.


NUMA TACADA SÓ: Os prédios São Gabriel e São Rafael, as tulipas da Estação Ferroviária Oriente, o Centro Comercial Vasco da Gama, e o Pavilhão de Portugal em primeiro plano (Expo Mundial de 1998).

O Centro Comercial Vasco da Gama, a Gare do Oriente –também conhecida como Gare Intermodal de Lisboa ou Estação Ferroviária de Lisboa/Oriente – estações ferroviária e rodoviária – e o Parque das Nações são, praticamente, uma coisa só. Quando penso em um imagino imediatamente o conjunto; não tem jeito.
No shopping – o Centro Comercial  – você encontra uma infinidade de lojas que inclui farmácia, modas masculina e feminina, calçados em geral, maquiagem de marca, restaurantes e um supermercado de uma rede respeitável do ramo: o Continente.
O shopping conta com um espaço avarandado com vista para o Rio Tejo onde as pessoas podem se encontrar para um bate-papo, relaxar no intervalo entre uma compra ou outra ou desfrutar de um bonito lanche apreciando o movimento do Parque das Nações – criado em 1998 para receber a Expo Mundial 98, um projeto fantástico de recuperação de uma área degradada de Lisboa. Para saber mais clique aqui. Não se arrependerá.

     COMO CHEGAR ao CENTRO COMERCIAL e ao PARQUE DAS NAÇÕES 
Dá-se por Metro, trem, barco (Transtejo - saltar no Cais do Sodré ou Terreiro do Paço)  ou ônibus (linhas 5, 25, 28, 44, 708, 750, 759, 782, 794). Saltar na Estação Oriente. 
Dessa rodoviária você também poderá pegar o ônibus para o OUTLET (o Freeport) de Lisboa, um pouco afastado do Centro (terá que atravessar a Ponte Vasco da Gama), mas isso é papo para futuro.

PARQUE DAS NAÇÕES

O parque está localizado ao longo do Rio Tejo e é alcançável por algumas ruas perpendiculares. Outra opção é atravessar o shopping  e seguir em frente. Não tem erro.
São mais de 5,00 km² de extensão de puro lazer onde você encontra o Pavilhão do Conhecimento, hotéis, vários restaurantes, o Jardim Garcia de Orta (arborizado e repleto de bancos), teatro, e um teleférico de 20 metros de altura que percorre um quilômetro praticamente por cima do citado jardim e que lhe proporciona uma idéia da dimensão do parque. Toda essa área está à disposição para você fazer caminhadas, corridas ou um gostoso passeio de bicicleta.

2223-1024x606
O Pavilhão do Conhecimento.

*****

2224-1024x761
Meu fiel escudeiro acarinha o planeta Terra, exposto de cabeça para baixo. Grande idéia para representar o mundo em que vivemos atualmente.

*****

2228-1024x768
Na face oculta da Lua a impressão digital lembra-nos a conquista (?) de 20 de julho de 1969 em que um “terráqueo” deixou sua marca no satélite de nosso planeta. Vista de longe imaginei ser uma pegada, mas enganei-me: trata-se mesmo de uma impressão digital.

*****

2331-1024x768
A estação do teleférico, próxima ao Oceanário.

*****

2340-1024x768
Do alto vê-se a extensão do Jardim Garcia de Orta, a Ponte Vasco da Gama ao fundo, a Torre Vasco da Gama e o Myriad Sana Hotel, próximo à estação do teleférico.

*****

centro-cml-vasco-da-gama-lisboa-27-5-2013-1024x768
Estação Oriente – Rodoviária e Metro.

*****

centro-cml-vasco-da-gama-lisboa-27-5-2013-1024x698
Centro Comercial Vasco da Gama.

*****

estacao-mtr-oriente-lisboa-27-5-2013-1024x807
Estação rodoviária e metroviária Oriente.

*****

parque-das-nacoes-lisboa-27-5-2013-2-1024x768
Parque das Nações.

*****
parque-das-nacoes-lisboa-27-5-2013-768x1024

*****

parque-das-nacoes-lisboa-27-5-2013-4-1024x768
Parque das Nações. Ao fundo, a Ponte Vasco da Gama.

SUA EXCELÊNCIA, O  OCEANÁRIO

INGRESSOSvocê poderá adquirí-lo pela internet. Basta clicar aqui que você será direcionado para o site do oceanário. Lá você encontrará informações pormenorizadas a respeito de preços e novidades oferecidas à criançada, tais como dormir uma noite com os tubarões. Como? Isso mesmo! Saiba mais clicando aqui.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:  de 10.00 h às 20.00 h. Último ingresso  às dependências do aquário às 19.00 h.
NO INVERNO: de 10.00 h às 18.00, a partir de 30 de outubro.

*****

O que mais me chamou atenção é o óbvio: o Oceanário. Nem o aquário de Barcelona, que até então considerei o mais interessante dos que visitei , despertou-me tanta atenção.

Francamente, nem visitei tantos aquários assim. Vi muitos, é verdade, redondos ou retangulares,  enfeitando algum móvel em casa de amigos. Desses vi aos montes.


2329-1024x572
Oceanário de Lisboa, no Parque das Nações.
2232-1024x768
Vasco dando Boas-Vindas aos visitantes.

OCEANÁRIO x RIO TEJO

Como fazem para transportar água salgada para os aquários?
Não transportam! A mistura de sal com água doce é de responsabilidade do oceanário e esse trabalho de laboratório, digamos assim, respeita as proporções necessárias à sobrevivência de cada espécie. Preocupam-se em oferecer condições superiores aos de seus habitats, o real motivo para o excesso de cuidados.
Convenhamos, um trabalho grandioso que requer esmero e cujo sucesso depende diretamente do desempenho de cada profissional envolvido com a manutenção do aquário e saúde de seus animais. Trabalho de confiança, muito conhecimento, dedicação, paciência e, acima de tudo, muito amor.

A CHEGADA ao OCEANÁRIO

A originalidade começa antes de o visitante subir a rampa de acesso ao primeiro aquário: móbiles em forma de tartarugas se movimentam ao sabor do vento no teto do imenso pátio do térreo.

Na cobertura da rampa em forma de ondas, que o conduz ao primeiro e imenso aquário, você já pode (e deve) preparar o coração: uma simples frase nos conscientiza de que apesar dos vários oceanos (e mares) que cobrem a maior parte de nosso planeta, a massa d’água é apenas uma. Água que ao mesmo tempo que separa, une continentes e povos. Povos que apesar das diferenças, fazem parte de um só contexto…

2234-1024x561

*****

O Oceanário de Lisboa emocionou-me assim que adentrei o primeiro ambiente e vi, na quase escuridão, um verso de autoria de Sophia de Mello Breyner Andresen cuja foto segue abaixo:

2236-1024x248

Não tive como não me emocionar. Logo eu que adoro água e tenho admiração especial pelo mar. Admiração e respeito. E lá estava a poetiza a tocar profundamente minha alma, a cutucar meus sentimentos.

2246-1024x754

Fotos e legendas ilustram o trabalho de conscientização de respeito à natureza, cujo tema apresentado em 1998 – “Os Oceanos – Um Patrimônio Para o Futuro” – reforça o alerta de que a Terra está sofrendo, que precisamos entender que fazemos parte de um TODO e que esse TODO depende de cada um de nós. Esses ensinamentos, a bem dizer, foram colocadas em pontos estratégicos ao longo dos corredores que nos conduzem aos mais de 30 aquários. Não há mais como ficar indiferente a esse apelo, a essa triste realidade.

Esse trabalho de conscientização lembra bastante o objetivo do MUSEU DO AMANHÃ, inaugurado recentemente no Rio de Janeiro, que choca os mais atentos ao mostrar imagens das depredações, das agressões que o ser dito humano tem  praticado contra o planeta Terra.
Trata-se de outro trabalho grandioso e emocionante.

ONDE e COMO VIVEM OS HABITANTES DO AQUÁRIO

Há tanques de diversos tamanhos e ainda algumas piscinas ao ar livre em meio a pequenas florestas tropicais, a fim de que cada animal sinta-se “em seu quadrado”.

2282

2238-1024x768

2256-1024x768

2258-1024x768

2261

*****

O LINGUADO, peixe achatado que possui os dois olhos em um só lado do corpo, também conta com um aquário preparado especialmente para sua sobrevivência. Tal qual o peixe-sapo (conhecido como tamboril), movimenta-se em fundos arenosos ou lodosos. Ambos são encontrados em água doce ou salgada.

2290-1024x768
Fundo arenoso especial para os linguados.

*****

2268-peixes-osseos-616x1024

*****

AS LONTRAS: AMÁLIA, MARÉ e MICAS

lontra-marinha-corte-copia-859x1024

2271-1024x768

Excesso de fofura. Fiquei longo tempo apreciando as lontras. São lindas demais!…

2272-1024x577

2275-768x1024

Amália…
2277-copia-1024x486

Maré…

2279-copia-1024x566

…e Micas. Não vimos o Eusébio, pai da Maré e da Micas, e nem o Milênio, o único menino dos filhotes.

2281-copia-1024x454

*****

CUIDADOS ESPECIAIS COM OS TANQUES

Diariamente, uma equipe de mergulhadores (homens e mulheres) aspira resíduos dos fundos dos tanques e limpa seus vidros. Outra equipe analisa as condições da água, enfim, tudo deve funcionar como uma grande orquestra.

2286-768x1024

2293-1024x768

AULA INTERROMPIDA NUMA BOA

Esse trabalho de manutenção dos tanques nos proporcionou um momento muito divertido.

Uma professora, de costas para um dos aquários, explanava determinado assunto a seus pequeninos alunos quando dois mergulhadores desceram até ao fundo para aspirar o tanque.

Não preciso dizer que a aula acabou naquele minuto: as crianças se alvoroçaram, começaram a acenar para os mergulhadores e a mandar beijos. O carinho foi recíproco e daí em diante foi um acenar sem fim de um lado para o outro. O aquário encheu-se de beijos; e o vidro, de marcas de inocentes dedinhos que tentaram, em vão, contato físico com os mergulhadores. Rimos muito com esta cena maravilhosa.

2323-1024x768

No aquário central convivem animais de grande e pequeno portes tais como tubarões, peixe-lua, atuns, arraias e peixes tropicais menores em um volume de água de 5.000.000 de litros.

O oceanário ocupa uma área de 20.000 m² e comporta 7.500.000 litros de água distribuídos em mais de 30 aquários de diferentes tamanhos.

2322-1024x768

2320-1024x768

*****

PEQUENOS e DELICADOS 

2303-1024x565

2302-1024x768
A delicadeza de um Dragão Marinho – muito longe do dragão que costumamos imaginar.

*****

2307-1024x768
Uma arraia nada tranquilamente no aquário central.

2308-768x1024

2310-768x1024

2319-1024x768
Anêmonas. Animais venenosos que vivem no fundo do mar agarrados em rochas. O veneno de seus tentáculos paralisa suas presas – sejam predadores ou alimentos (camarões, por exemplo).

*****

2325-1024x768
O arco-íris do fundo do mar…

*****

2345-1024x768
Atrás das buganvileas encontramos um restaurante excelente: o Senhor Peixe, onde degustamos um peixe grelhado maravilhoso.

RESTAURANTES

2351
Restaurante simples, mas bastante movimentado. Por sorte chegamos cedo e conseguimos mesa. Caso contrário teríamos que esperar muito. Ao sairmos havia fila na porta. Recomendo.

2352

Ao fundo e à direita há um balcão frigorífico onde você escolhe o peixe que quer comer. O atendente pesa-o, limpa-o e minutos mais tarde lhe é servido com acompanhamentos a sua escolha. Batatas cozidas e uma simples salada de tomate e alface foram suficientes para fazermos a festa. O peixe estava delicioso.

2353

*****

2327-1024x764

*****

NOTE BEM

Caso você tenha interesse em saber tudo a respeito da gestão ambiental (EMAS) do Oceanário de Lisboa basta clicar aqui para ser direcionado.

Trata-se de um catálogo mostrando estatísticas e tudo que envolve a construção e manutenção do oceanário, incluindo gastos com água potável, eletricidade, destino de dejetos dos animais e ainda as legislações a que estão sujeitos e nas quais se enquadram.

*****

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

*****

Com a palavra, ROSA CRISTAL.

2 opiniões sobre “Lisboa – Centro Comercial Vasco da Gama e Parque das Nações.”

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s