ARGENTINA – Geleira Perito Moreno – Aguenta, coração!


IMAGEM DESTACADA: Lado Sul do Glaciar Perito Moreno

*****

Clique aqui e assista a 4,52 minutinhos de vídeo só para você ter uma idéia do colosso Perito Moreno. É fantástico!

1- GELEIRA ou GLACIAR?

Tanto faz. Geleiras – termo usado no Brasil – são sucessivas camadas de neve que se cristalizam ao longo de longos anos. Ocorrem quando o degelo é menor que a queda de neve; esse acúmulo solidifica-se e acaba criando quilômetros de extensão de gelo e paredões que atingem alturas inimagináveis.
A geleira Perito Moreno, por exemplo, conta com 5 km de largura e 60 m de altura acima do nível d’água no braço sul do Lago Argentino. E pensar que essa massa colossal, que também atinge muitos metros abaixo da linha d’água, está em constante movimento… Ah, esse poderoso Universo!…

dscn0378-1024x590

dscn0377-1024x768

2- EL CALAFATE – Ponto de Partida Para Muitas Atrações. COMPRAR OS PASSEIOS COM ANTECIPAÇÃO: sim ou não?

 A localidade mais próxima para você desfrutar de todas as atrações é El Calafate. É o ponto de partida para vários passeios, sendo o Perito Moreno e a Caminhada Sobre a Geleira (pequena e grande caminhadas) suas maiores atrações, a 80 km de distância.

AVISO AOS NAVEGANTES:

Saímos do Rio de Janeiro com todos os passeios pagos. Essa opção é interessante porque na alta temporada (de dezembro a abril) você corre o risco de ficar de fora de algum passeio, caso opte pela aquisição de bilhetes ao chegar à cidade e sua permanência em El Calafate for curta.
A caminhada na geleira é um exemplo. Essa aventura tem número limitado de visitantes; portanto, se você viaja com esse passeio pago, já garante seu lugar.

3 – OPÇÕES PARA CHEGAR À GELEIRA:

3.A) Você poderá ALUGAR UM CARRO e chegar até ao estacionamento do Parque Nacional dos Glaciares onde fica o início da passarela – foto abaixo.

dscn0388-1024x659

Essa opção é a mais interessante porque você não dependerá de hora marcada para retornar a El Calafate.

Informações a respeito de horário de abertura e encerramento do parque e valores de ingressos você obtém nos endereços seguintes: 

Parque Nacional Los Glaciares
Centro Administrativo
Av. del Libertador 1302
Z9405AHG – El Calafate
Provincia de Santa Cruz – República Argentina

Tel./fax: 54 (02902) 491-005/545/788/755

dscn0331-768x1024

ou na Secretaría de Turismo
Centro de Informes
Terminal de Ómnibus
Z9405AHG – El Calafate
Provincia de Santa Cruz – República Argentina

54 (02902) 491-090


CHEGADA AO PARQUE

Vizinha à passarela está essa planta baixa indicativa das opções de trilhas, o nível de dificuldade de cada uma e o tempo aproximado da caminhada.dscn0415-1024x536

3.B)  SAFÁRI NÁUTICO:

 Safari Náutico é o título desse programa de navegação  pelo Braço Rico do Lago Argentino, em catamarã, capitaneado pela empresa Hielo & Aventura.
A agência o pegará no hotel em dia e hora pré determinados e o levará até o ponto de embarque em uma localidade chamada Puerto Bajo de Las Sombras, às margens do Lago Argentino. De lá partem as embarcações que navegarão até as proximidades do paredão sul da geleira. Passeio imperdível, principalmente para quem tem dificuldade de locomoção. O traslado é super confortável, sem agitações.

dscn0355-1024x503

De El Calafate até ao local de embarque fomos margeando o Lago Argentino. O lago serve de moldura em alguns trechos, para onde quer que você se desloque.

dscn0359-1024x768

A navegação dura cerca de uma hora – tempo suficiente para você preparar o coração na medida em que a embarcação se aproxima do paredão de gelo – 100 metros aproximadamente. É puro deslumbramento! Por instantes fiquei em silêncio, absorta pelo cenário estupendo que pouco a pouco se avolumava em nossa frente.
Meu fiel escudeiro teve a sorte de ver dois pequenos desprendimentos, sucessivos, em um dos extremos do paredão. Não os vi, hipnotizada que estava pela parte central da geleira. Além disso, quando o gelo se desprende em pequenos pedaços, nem sempre é possível acompanhar as quedas por serem muito rápidas. É emocionante demais!… O monumento nos paralisa; nos emudece; arrepia; abstrai; abduz nossa alma! – reles mortais.

dscn0360-1024x604

Acima: Puerto Bajo De Las Sombras. Abaixo: já navegando pelo Brazo Rico.

dscn0372-1024x502 dscn0373-1024x506 dscn0374-1024x574 dscn0378-1024x590dscn0371-1024x759

Abaixo: no caminho de ida, dois cliques rápidos do glaciar ao passarmos pelo Mirador de Los Suspiros – tudo a ver com a reação de quem o vê pela primeira vez.

dscn0357-1024x519

Acima e abaixo: Perito Moreno visto do Mirador de los Suspiros. O dia estava chuvoso (mero detalhe), mas não interferiu na beleza da paisagem. E o que interferiria?

dscn0358-1024x485

Ao desembarcarmos do catamarã seguimos de ônibus para o outro lado da geleira, onde encontramos:

3.C ) SERVIÇO de VANS: Quase em frente ao restaurante há um serviço de vans à disposição daqueles que preferem ou necessitam de mais conforto: os veículos levam os passageiros até determinado local próximo ao glaciar.
Desse ponto de chegada, que honestamente não sei lhe dizer qual é, você ainda terá que caminhar até alcançar o plateau de onde terá uma vista panorâmica da geleira. Esta alternativa não foi a que escolhemos – ficará para a próxima visita.

dscn0386-1024x764

3.D) CAMINHAR NA PASSARELA – foi um tiro que saiu pela culatra devido à dificuldade que tivemos. Explico: a passarela é quilométrica, literalmente, e acompanha os desníveis do terreno.
Se você está pensando que caminhará como quem passeia pelo calçadão de Copacabana, “moquidu”, pode tirar seu cavalo da chuva.
Por conta desses desníveis há muitos degraus e, obviamente, ora você sobe, ora desce, ora anda um pouco em linha reta, daí você sobe, desce… Eu diria que se você conseguisse fazer um gráfico de sua caminhada, este seria tal qual um eletrocardiograma.
Pegamos vento forte e muito frio; e apesar de estarmos bem agasalhados e usando touca ninja, o vento passava pela malha da touca e interferia em nossa respiração. Por conta desse excesso de vento pela proa, vez ou outra éramos obrigados a parar para descansar e retomar a respiração normal. Esse ritmo foi cansativo, mas não podíamos nos dar ao desfrute de parar para relaxar como desejávamos, em razão do tempo limitado.
Praticamente no final, quando vimos que para atingir o ponto de vista da geleira ainda tínhamos que subir uma escada enorme, não aguentamos e decidimos voltar. Interessante ressaltar que minha amiga me enviou uma foto desse ponto de vista, na qual aparece um elevador panorâmico. Não o vimos. Claro que se o tivéssemos visto, teríamos atingido o objetivo do passeio. Na próxima, aguardaremos as vans.
Posicionada logo no início da passarela, há esta placa com importantes advertências – é recomendável seguí-las.

dscn0389-1024x629

dscn0412-1024x768

O piso das passarelas são metálicos e vazados e não acumulam água; são largas, antiderrapantes e muito seguras. Ninguém precisa se espremer no guarda-corpo para dar passagem.

dscn0391-1024x832

Não importa se de frente ou de perfil, o Perito Moreno é fotogênico sob qualquer ângulo.

dscn0411-1024x520

As paisagens que se descortinam enquanto você avança na caminhada são belíssimas: ora a geleira aparece desnudada e lhe mostra seu esplendor, ora aparece emoldurada por galhos de árvores, quase escondida. Sem dúvida, a caminhada valerá à pena se você estiver fisicamente bem e com o esqueleto no lugar. Com chassi empenado, môquiridu, essa caminhada não é recomendável. Anote aí, istepô.

dscn0397-1024x592 dscn0398-1024x768

dscn0400-1024x768 dscn0405-1024x768

Minha amiga Ângela Loreto teve a sorte de fotografar a colossal geleira em dia de pleno Sol e do ponto de vista mais alto. Quem sabe, na próxima, consigo chego lá?

216-1024x575

219-1024x768

220-1024x575

221-1024x553

Acima: o elevador fotografado por Ângela Loreto que, infelizmente, não vimos. Quem  sabe, não seria a peça que faltava para atingirmos o melhor ponto de vista?

dscn0408-1024x667
Abaixo: para quem foi mal orientado no sentido da necessidade de se levar lanche, os administradores do parque escolheram esse lugar a dedo: um pedacinho de paraíso às margens do lago para as pessoas lancharem – compensação para quem caiu na conversa da merenda.

Mas que conversa é essa? Seguinte: a empresa de turismo que nos atendeu e que deixou muitíssimo a desejar – foram  sucessivos furos -, a Huellas del Sur, orientou-nos para providenciar lanche para esse passeio. Acontece que não fomos informados de que não havia a menor necessidade de aprontar nada! e abaixo você verá porquê.

dscn0414-1024x768

Ao lado, há um restaurante de respeito e muitíssimo bem localizado que oferece vários tipos de alimentação. Repare nas fotos abaixo e me diga: – Havia necessidade de andar com lancheira embaixo do braço?

dscn0416-1024x809 dscn0417-1024x660 dscn0418-1024x768 dscn0419-1024x515 dscn0420-1024x586 dscn0421-1024x591 dscn0422-1024x746

Abaixo: na volta fizemos uma parada para tomada de fotos no Mirador de Los Suspiros e comemorar o passeio.

Para nossa surpresa, a operadora! do passeio – não a tal Huellas -, gentilmente, preparou um brinde: fomos servidos de licor para brindamos esse momento lindo de nossas vidas. Bom demais!

dscn0423-1024x768 dscn0426-1024x766

3.E ) CAMINHADA NA GELEIRA :
Essa caminhada é moderada, dura aproximadamente 2 horas e, segundo um brasileiro que encontramos em Ushuaia dias antes, a sensação que se tem é a de quem sobe uma escada.
Uma corrente com grampos é amarrada em seu calçado, e para caminhar com esse porco-espinho na sola é preciso levantar os pés – daí a sensação de se estar subindo uma escada.
Isso nos desanimou bastante: não fomos ao passeio (apesar de pago com antecedência) e acabamos nos arrependendo por não tê-lo feito. Como pretendemos retornar a El Calafate, não descartamos a idéia.

3. F) ÔNIBUS COMUNS:

Há ônibus comuns que partem da rodoviária de El Calafate com destino à Geleira Perito Moreno. Clique aqui para consultar e/ou comprar seu bilhete, ou então aqui para ampliar suas pesquisas. Para acessar o site da rodoviária basta clicar aqui. Não se esqueça de confirmar os horários da volta, que variam de acordo com a empresa de ônibus.

*****

4 ) AVISO AOS NAVEGANTES:

Caso você esteja alinhavando essa viagem, mas ainda não decidiu “partir Calafate”, seguem alguns esclarecimentos para você não cometer a mesma bobagem que nós: fizemos conexão no Aeroparque e foi um rolo danado.  Aliás, foi bom tocar no assunto por dois motivos:

1 – Caso você não queira desembarcar na capital argentina, escolha um horário de conexão para El Calafate ou Ushuaia que lhe permita fazer todo o trâmite de pegar bagagens, passar pela imigração, fazer outro check-in para seu destino final e ainda fazer câmbio, com tran-qui-li-da-de.
Conosco aconteceu o seguinte: a mala de meu fiel escudeiro chegou assim que nos aproximamos da esteira, mas a minha e a de outros passageiros, não. Até que nossas malas aparecessem, esperamos mais de 40 minutos! Como nas poucas esteiras não havia designação dos voos nos painéis, concluí que minha mala havia embarcado em outro voo que não o nosso.
De lá saímos voando para a imigração e para fazer câmbio – outro rolo. Havia uma fila pequena, mas demorada. Dois rapazes agonizantes em mau humor faziam o atendimento.
Nós, que havíamos separado notas de U$ 100 para trocar, tivemos que sair da fila para providenciar notas de valores menores porque não aceitavam notas de U$ 100,00.
Para não perdermos a vez, afastamo-nos um pouco do guichê e aí, moquiridu, pensa na cena para sacarmos dinheiro da doleira (presa na cintura, como convém), ali mesmo, em cena aberta! Felizmente a dupla considerou nossa vez e não tivemos que voltar para o final da fila.
De lá saímos correndo para fazer novo chech-in. A fila era grande, assustadora, mas fluía bem pela fartura de atendentes. Ao nos entregar os cartões de embarque, o jovem nos disse o seguinte:  -Corram porque o avião de vocês sai em 5 minutos!!!
Atropelamos a escada rolante e lá fomos nós, esbaforidos, procurar o portão de embarque. Em lá chegando não havia avião nenhum! O que você pensa? Perdi o voo?! As pernas tremeram, o coração acelerou mais ainda, mas felizmente o voo estava ultra atrasado – uma característica da Aerolíneas Argentinas que acabou nos beneficiando. Ufa! Pelo menos pudemos sentar com calma, ajeitar nossas coisas, tomar um bonito café e aguardar a chamada para Ushuaia.

2 – Segundo motivo: CÂMBIO.

Tanto em Ushuaia quanto em El Calafate não há casas de câmbio! Há Bancos nas principais avenidas que trocam seus dólares ou euros, mas atenção: o câmbio não é vantajoso e em ambas as cidades tudo é  mais caro que em Buenos Aires.

Banco de la Provincia de Santa Cruz SA
Av. del Libertador 1285

Banco Provincial de Tierra del Fuego
25 de Mayo 34

Banco Nación
Av. del Libertador 1133.

Por isso é interessante você pegar uma conexão – caso não desembarque na capital Argentina – que lhe dê folga para trabalhar com calma esse intervalo entre um voo e outro. Caso contrário é uma naba (dicionário manezês). Hotéis e restaurantes costumam aceitar dólares e cartão de crédito, mas não pense que todos no comércio sejam tão receptivos assim. Vai que…

Outra coisa: caso você desembarque em Buenos Aires, você encontrará casas de câmbio que operam com reais. Pesquise cotações para a(s) moeda(s) que você levou. Um lugar onde troquei moedas algumas vezes, e que sempre ofereceu boas cotações, é uma casa de câmbio no subsolo da Galaria Pacífico. Em fevereiro de 2016, também não aceitou notas de 100 dólares.
Trocar moedas em Buenos Aires, para levar para a Patagônia, parece uma bobagem, mas não é. Fique atento para depois não se arrepender.

Conheça o Glaciar Perito Moreno. Tenho certeza de que será uma das maiores emoções de sua vida, vivenciada em uma viagem.

vai-viajar-istepo-maior-copia

Pitaqueiros: ROSA CRISTAL e MARCELO B. A.

2 comentários em “ARGENTINA – Geleira Perito Moreno – Aguenta, coração!”

    1. Angela! Você não tem idéia do quanto colabora. Não tem idéia. Só tenho a lhe agradecer pelos elogios e pelas contribuições. Rios de Hielo, por exemplo, não fiz. A postagem será especial e com fotos belíssimas que você clicou. Aguarde. Bjks da amiga Marilia.

      Curtir

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s