Arquivo da tag: SC

Casa da Alfândega – Florianópolis.


Imagem Destacada: Largo da Alfândega
*****
Localização: Rua Conselheiro Mafra, 141 – Centro – Florianópolis
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30min. Aos sábados, das 9h às 13h.
Entrada gratuita
*****
*****

Obs: clique duas vezes na luva para ver a imagem aumentada.

O prédio de estilo neoclássico localizado no denominado Centro Histórico de Florianópolis, foi inaugurado em 29 de julho de 1876. Entretanto, seu funcionamento, dependente de vistoria, deu-se a partir de fevereiro de 1877.
O edifício funcionou como alfândega por mais de 90 anos, encerrando suas atividades aduaneiras em 1964 em decorrência do fechamento do porto de Florianópolis, já decadente.
Este edifício foi inaugurado dez anos após o prédio da alfândega ter explodido misteriosamente em 24 de abril de 1866. A explosão foi de proporções gigantescas para a época; tanto que o noticiário O Desterro, neste mesmo dia, noticiou e exibiu os nomes das vítimas: dez pessoas mortas, três gravemente feridas e outras doze com ferimentos leves.
Segundo o jornal, a explosão seguida de incêndio fez estremecer as construções mais próximas inutilizando muitas vidraças.
O prédio – área de 1.300m² –  conta com dois pavimentos e, desde 1988, destina-se á venda de artesanatos. São 400 artesãos expondo trabalhos originais e de qualidade. A administração da Casa da Alfândega soube aproveitar o espaço, distribuindo os artistas por categorias dos artigos manufaturados. Assim, cerâmicas e objetos pesados estão separadas de artesanatos mais leves produzidos em teares, em agulhas de tricot, crochet e máquinas de costura. Tudo muito bem organizado.

A Casa da Alfândega é uma das principais atrações turísticas do Centro de Florianópolis, além do Mercado Público – bem ao lado -, do Palácio Cruz e Souza, da Catedral e da centenária Figueira da praça.

No Largo da Alfândega, a Prefeitura homenageou as rendeiras da ilha, erguendo um monumento em que se destacam os bilros – peças em madeira utilizadas pelas rendeiras para trançar os pontos das rendas. Quem explica melhor o Guia Floripa.

Florianópolis - Dez 2014 (58) (409x800)

Florianópolis - Dez 2014 (54) (800x600)

Florianópolis - Dez 2014 (55) (597x800)
Belo trabalho de fachadas – casas, janelas, igrejas -, sendo, a maioria, de Florianópolis. Todas pintadas com suas cores atuais.
Florianópolis - Dez 2014 (63) (800x600)
Tapetes, trilhos, almofadas, colchas feitas em tear.
Florianópolis - Dez 2014 (60) (595x800)
Bruxinhas de todos tipo e duendes.
Florianópolis - Dez 2014 (61) (800x641)
Presépios e porta lápis de cor.
Florianópolis - Dez 2014 (62) (800x670)
De tudo, um pouco: objetos decorativos, tocheiros de jardim, essências, casinhas para passarinhos…
Florianópolis - Dez 2014 (64) (800x560)
Toalhas de lavabo adornadas com crivo e crochet.
Florianópolis - Dez 2014 (65) (771x800)
Meu artesanato predileto: flores feitas com escamas de peixe!
Florianópolis - Dez 2014 (66) (800x599)
Artesanato feito com palha de milho. Pura delicadeza.
Florianópolis - Dez 2014 (67) (800x599)
Mais palha de milho. Desta vez, filhotes de passarinho.
Florianópolis - Dez 2014 (68) (800x708)
Chales executados com renda de bilro e macramê.

Florianópolis - Dez 2014 (56) (800x600)

Florianópolis - Dez 2014 (57) (800x600)

Florianópolis - Dez 2014 (70) (600x800)

img186 cópia

RIBEIRÃO DA ILHA OSTRADAMUS (Restaurante) e TENS TEMPO? (Cafeteria)


IMAGEM EM DESTAQUE: Trabalho de Azulejaria executado pelo artista Jesus Fernandes.

Como Chegar de Carro: do Centro de Florianópolis, pegar a SC – 405.

Como Chegar de Ônibus: Há duas paradas de ônibus no centro de Florianópolis, próximos à Praça XV. Os ônibus de números 561 e 4124 (o amarelinho) passam pelo Ribeirão. O ponto final é na Caieira da Barra do sul, de onde partem barcos e começa a trilha para Naufragados.

*****

*****

Muitos vão ao Ostradamus por já conhecê-lo de nome e nem desconfiam em que bairro fica o endereço – Ribeirão da Ilha. Refiro-me àqueles que chegam em ônibus de turismo ou que são convidados por amigos para conhecer o restaurante. Continuar lendo RIBEIRÃO DA ILHA OSTRADAMUS (Restaurante) e TENS TEMPO? (Cafeteria)

Tapera – Florianópolis.


Como Chegar: Para quem pretende chegar à Tapera e estiver partindo do Norte da Ilha, poderá acessar a SC – 405 seguida da Rodovia Aparício Ramos Cordeiro. Para quem estiver vindo do Sul a direção é: Morro das Pedras, Rodovia Baldicero Filomeno e SC – 401.

Localidade ao Sul da Ilha de Florianópolis, próximo à Base Aérea.

O ar bucólico que ainda conserva em nada faz lembrar o agito do Centro de Florianópolis – do qual dista apenas 22,6 km – e muito menos os bairros badalados no Norte da Ilha.

Continuar lendo Tapera – Florianópolis.