Dicionário Manezês

Significado do Título

Primeiramente, gostaria de explicar o que significa “istepô“, palavra muito usada pelos habitantes da Ilha de Florianópolis – meu segundo berço, parte de mim.

Istepô, Istepôr, Estepô ou estepôr, não importa, significa aquele sujeito mala e também o que é do contra; é o chato de galocha que ninguém faz questão de ter por perto.  Muito pelo contrário, é aquele que quando anuncia que vai viajar todos comemoram. Este é o ISTEPÔ que o presente blog manda viajar.

O título foi batizado por meu irmão – Istepô DOC -, A. Boos Gomes,  carioca por nascimento assim como eu e habitante da ilha deste 1984. Sente-se diplomado como autêntico “manézinho” como faz questão de dizer, e de cujo título muito se orgulha.

Fora da capital Florianópolis – alguns vocábulos atravessaram a ponte Hercílio Luz e foram adotados por colonizadores que não os portugueses – encontramos os termos citados, fluentes no dialeto manezês do ilhéu.

A bem da verdade, estas palavras significam uma gota d’água em um oceano de expressões utilizadas pelos ‘manezinhos da ilha”, os antigos “Manoéis” procedentes dos Açores.

Mais informações, clique aqui, e aqui.

*************************

ARROMBASSES

Normalmente acompanhado pela palavra “istepô” – arrombasses, istepô – possui vários significados.

Interessante ressaltar a versatilidade da expressão, que tanto pode significar um feito grandioso – Guga Kuerten pode servir de exemplo: “Arrombasses, guri” -, quanto uma “chamada de atenção”; uma “reprovação”. Em uma má sugestão, pode-se dizer: “Arrombasses! Queres que eu me dane todo?”

*************************

DEU

Virou sinônimo de “está bem”; “está bom”; “é suficiente”; “já chega” e do termo carioquês “pó pará por aí”.

*************************

INTICAR

Sinônimo de implicar. Não “intica” comigo, sô.

*************************

MOFAS COM AS POMBAS NA BALAIA

No Dicionário Manezês significa a pessoa que não conseguirá seus objetivos.

Aquele que “cria raízes” de tanto esperar por alguma coisa.

Segundo sabedoria popular, a expressão foi utilizada por uma consumidora, ao discordar do preço cobrado por um vendedor de pombas, que as expunha em um balaio.

Expressão muito utilizada na Ilha de Florianópolis, SC – Brasil.

*************************

MOQUIRIDO

É o óbvio “meu querido”, termo carinhoso (ou debochado), também muito utilizado pelos habitantes da ilha.

*************************

ÓI-ÓI-Ó! ou Ó-LHÓ-LHÓ!

Termo versátil, usado quando alguma coisa ou alguém causa  admiração, surpresa, indignação.

*************************
RENAR
Não rene! Ou, mais popularmente, “não rena!”.
Não emburre! Não faça malcriação.
*************************
TANSA
“Tu és uma tansa” ou “Tu és um tanso”.
Um abobado; alguém sem iniciativa. Quem é muito “parado”.
Ingênuo; pateta.
*************************
UMA NABA
Dificuldade pela qual uma pessoa passa.
O trânsito estava uma “naba”.

Deixe seu palpite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

EXPERIÊNCIAS EM VIAGENS.