PERU. LIMA . Restaurante Brujas de Cachiche.


IMAGEM DESTACADA: Painel das Brujas de Cachiche.

Dizer que a culinária peruana é divina, é pleonasmo.  Não é novidade que eu e meu fiel escudeiro adoramos comer e cada vez que descobrimos um bom restaurante sempre voltamos, se possível. Aqui em Botafogo, no Rio, havia uma Casa onde assinávamos ponto semanalmente – o Alameda, especializado em escargot.
Tivemos a satisfação de conhecer todos os funcionários, o chef, o gerente… pessoas queridíssimas que acabamos por encontrar trabalhando em outros restaurantes. O fechamento do Alameda foi uma perda e tanto para quem adora saborear aqueles inocentes bichinhos. Continuar lendo PERU. LIMA . Restaurante Brujas de Cachiche.

PERU. LIMA – Restaurante CALA. Incluído Na Lista Dos Melhores Da Cidade.


IMAGEM EM DESTAQUE: Fachada do Restaurante.
Há pouco postei a respeito do Barranco – bonito, chique e tradicional bairro de Lima -, e cá estou para mostrar mais uma de suas atrações: o restaurante CALA, localizado na beira da Praia de Barranquito.

A indicação foi de uma amiga e valeu muito.
Reservas para lugares concorridos (exterior ou Brasil) costumo fazê-las aqui do Rio. Com essa medida evito atropelos (abomino ter que providenciar alguma coisa em cima da hora) e não me sujeito a ficar sem meu objetivo.

Ao chegarmos, em torno de 20.00 h,, na varanda já não havia mais lugar – apesar do vento forte e frio – e nos salões ainda restavam alguns lugares.

P1130354 (1024x767)
Reservas em restaurantes no Peru são levadas à sério.
Peruano curte sua culinária, adora um bom restaurante (estão sempre lotados) e penso que seja este o principal motivo de os arquitetos capricharem na decoração de seus bares . Não encontrou lugar? Aguarde no bar.

P1130357 (1024x768)

Fomos atendidos por uma senhora que primava por amabilidade e simpatia, e logo que nos acomodamos providenciou o couvert.
Aqui abro um parêntesis para exaltar os deliciosos pães peruanos: coloridos e de sabores diversos, a meu ver concorrem com os franceses em pé de igualdade. Comemos até pão de coca! Não é lá uma maravilha, mas valeu experimentá-lo. A massa é verdinha e de sabor marcante – acho que nem poderia ser diferente…
Não houve um restaurante em que não pedíssemos uma cesta de pão a mais. São servidos crocantes, quentinhos, e vêm acompanhados de manteigas, azeites temperados, molhos, pastas, e não são massudos como os que conhecemos aqui.

 P1130344 (1024x560)

P1130350 (1024x609)
Variedade de Frutos do Mar em um só prato.

P1130355 (1024x768)

P1130358 (1024x765)Para os jovens o restaurante reservou uma aérea sem janelas, grande e confortável, coberta por toldos. O espaço funciona como ponto de encontro de amigos ou sala de espera. Os mais animados dançam ao som de música alta e moderna que não incomoda quem está no salão.

P1130364 (1024x534)
ORLA DO BARRANCO.

Mais do que recomendável.
Fotos: autora do blog

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

CONTATO:

PERU . LIMA . La Rosa Náutica, Restaurante. Grosseria No Primeiro Contato.


IMAGEM DESTACADA – O primeiro contato com o restaurante não foi nada agradável.
Ao lhes enviar e-mail a fim de efetuar nossas reservas, não obtive resposta.
Como havia sido muito elogiado por uma amiga que lá estivera dias antes, insisti, dizendo-lhes que já havia feito contato e que até aquele momento não havia obtido qualquer comunicação.
A resposta chegou, porém ríspida. Correspondência literalmente curta e grossa, sem a menor ética para um restaurante listado como um dos melhores de Lima.

Diante desse infeliz contato, evidentemente que cortei-o de nossa programação.
Aconteceu que um dos companheiros do passeio que fizemos ao Peru aniversariava no período em que estivemos em Lima e gentilmente nos convidou para acompanhá-los (ele e sua mulher) em um jantar. Aonde?… Acertou. E lá fomos nós.

O restaurante chama atenção por ter sido construído sobre algumas pontes que avança pelo mar, e até se chegar ao salão principal passa-se por uma série de lojas que oferecem produtos muito interessantes.
Trata-se de um belo lugar, comida boa, atendimento cortês, estávamos em excelentes companhias, mas… ainda não digeri a grosseria que me serviu para contestar o velho ditado que diz “a ultima impressão é a que fica”.

P1130022 (1024x768)

P1130031 (1024x768)

Mesmo na foto ruim consegue-se ver as várias lojinhas perfiladas em uma das pontes de acesso ao restaurante.

P1130036

P1130035

P1130026 (1024x761)

P1130028 (1024x768) Para variar meu prato foi de pescado. Desta vez, acompanhado por legumes e arroz com milho branco – muito bom. Não pedimos sobremesa e um café fechou a conta. Nada a acrescentar.VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópiaCONTATO:

 

PERU . LIMA – BARRANCO , Tradicional Bairro da Capital


FOTO EM DESTAQUE: Modelo de Arquitetura das Casas do Barranco.

Pegamos um taxi em Miraflores e rumamos para o Barranco.
O motorista contou-nos, empolgado e com certo orgulho, parte da história do bairro onde nascera.
Segundo ele, o Barranco andou meio decadente e acabou se transformando em ponto de venda de drogas e cenário para constantes assaltos.
Entretanto, movidos pela vontade em recuperar o famoso bairro, os moradores se reuniram e reagiram ao descaso da municipalidade: em vias públicas bloquearam passagens com espetos em ferro.
Como resultado dessa atitude defensiva, a municipalidade também reagiu e devolveu um bairro totalmente renovado aos limenhos e aos turistas que procuram por bons restaurantes ou queiram fazer um belo passeio a pé e apreciar a bela vista do litoral.

E por falar em litoral, o bairro abrange as praias de Sombrillas, Las Cascadas, Los Yuios, Los Pavos, Barranquito e Baños de Barranco.
É muita praia para um Sol que quase nunca aparece – para quem não sabe, o tempo em Lima é constantemente nublado, mas não chove. Por conta dessa secura não há bueiros nas ruas porque o índice pluviométrico é baixíssimo e ninguém precisa se preocupar em levar guarda-chuva na bolsa. Só o casaquinho.

Segundo orientação deste senhor, ele nos deixaria no melhor ponto para explorarmos o bairro. Saltamos ao lado da Igreja La Santíssima Cruz  – essa que você vê na foto, construída após a destruição da Igreja La Ermita por um terremoto em 1940 – e de lá saímos a bater pernas.
A igreja fica na Praça de Barranco, toda florida e decorada como se estivesse pronta para uma grande festa.
Fizemos uma pequena caminhada pela Av. San Martin, atravessamos a rua Ayacucho e logo chegamos à escadaria que dá acesso à Ponte dos Suspiros, estendida sobre o Parque Federico Villareal – onde fica a  Bajada de Los Baños, caminho de acesso ao mar.
Do outro lado da ponte está a Praça Chabuca Granda, no mesmo parque onde fica a Igreja La Ermita. O teto desse templo foi destruído por um terremoto, como disse acima, e pelas fotos não me parece que houve qualquer movimento para a recuperação do prédio.

100_1249 (843x1024)
IGREJA LA SANTÍSSIMA CRUZ na Praça Municipal de Barranco
100_1251 (1024x768)
PRAÇA DA MUNICIPALIDADE no Bairro do Barranco.
100_1253 (1024x768)
PRAÇA DA MUNICIPALIDADE no Bairro do Barranco. Ao fundo, o prédio da Biblioteca.
DSCN1561 (1024x768)
PARQUE BARRANCO (ou da MUNICIPALIDADE).
100_1268 (1024x768)
Plaza CHABUCA GRANDA no PARQUE  FEDERICO VILLARREAL.
DSCN1568
Na escadaria que acessa a PONTE DO SUSPIRO – a que se vê logo a frente -, estudantes desenham a paisagem.
DSCN1570
Ao fundo LA ERMIDA, em reconstrução do telhado. Em primeiro plano, as púas (proteção contra ladrões) à esquerda e a PONTE DOS SUSPIROS à direita.
DSCN1565 (1024x768)
Trecho da AVENIDA SAN MARTIN, no Barranco.
100_1273 (1024x768)
O barranco que empresta nome ao bairro.
O bairro é lindo! Flores e cores por todo lado, o que lhe confere um ar bem alegre e jovial, contrastando com o céu sempre acinzentado reinante na capital.
DSCN1567 (1024x858)

DSCN1575

DSCN1579 (1024x768)

DSCN1580 (1024x768)

DSCN1581 (1024x889)

Arquitetura de casas que marcaram época fogem a seus padrões de cores e ajudam a alegrar os dias cinzentos do bairro onde o metro quadrado de construção, em frente ao mar, custa atualmente verdadeira fortuna.

Nas encostas, um trabalho de forração com redes imensas ajuda a proteger contra deslizamentos e ainda contribui para o embelezamento da cidade: plantas rasteiras crescem e cobrem a trama da rede, tornando os barrancos verdes.

DSCN1582 (1024x768)

DSCN1584 (1024x768)

DSCN1585

DSCN1587

DSCN1588

DSCN1596 (1024x768)

O respeito dos peruanos pela natureza impressiona e a prova de que a natureza retribui vemos nos parques e jardins – que estão em toda parte. Por onde quer que você caminhe estará cercado por forrações, arbustos e árvores. Muito verde, muitas flores que acabam confundindo seu colorido com as cores fortes da cidade. O peruano, já disse em outra postagem, é um povo colorido.

Restaurantes famosos ocupam a avenida beira-mar. E como a culinária no Peru é valorizadíssima e os restaurantes vivem lotados, encontrar uma vaga para  o carro nem sempre é fácil, principalmente à noite.

DSCN1594

DSCN1597 (1024x768)

DSCN1599 (1024x768)

Apesar do índice pluviométrico muito baixo – menos de 8 mm ao ano -, o tempo nublado acaba colaborando na preservação do verde.
E para nossa surpresa, houve um dia em que choveu – chuva fininha, que não foi suficiente nem para embaçar os óculos. Adorei!

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

CONTATO:

PERU . LIMA . Mercado de Surquillo. Para Quem Gosta do Babado.


IMAGEM DESTACADA: Mercado de Surquillo.
Localização: Paseo de la República, esquina de Ricardo Palma. Surquillo.
Horário de funcionamento: Diariamente de 6.00 h a 16.00 h

[googlemaps https://www.google.com/maps/embed?pb=!1m18!1m12!1m3!1d3900.912846584928!2d-77.0277857854933!3d-12.118115491419807!2m3!1f0!2f0!3f0!3m2!1i1024!2i768!4f13.1!3m3!1m2!1s0x9105c8108fe21b49%3A0x5f8596f1512bda81!2sMercado+de+Surquillo!5e0!3m2!1spt-BR!2sbr!4v1472173038386&w=600&h=450

Esse mercado ganhou notoriedade após tornar-se público de que os grandes chefs o frequentam. Não é para menos. O Mercado do bairro Surquillo tem de tudo e mais alguma coisa de que você nem desconfia.
Por fora nada a ver com “bela viola”, mas por dentro surpreende apesar de seu jeitão assim… meio descabelado. Continuar lendo PERU . LIMA . Mercado de Surquillo. Para Quem Gosta do Babado.