Arquivo da categoria: ONDE COMER?

Restaurantes/Lanchonetes/Cafeterias etc.

BRASIL, Rio de Janeiro – Antônia Casa e Café, em Copacabana


O Antônia fica logo alí. Quem mora em Copacabana, normalmente, não se preocupa com distâncias; andar a pé é hábito arraigado, exercício que passa de pai para filho muito antes de o bairro se tornar a “Princesinha do Mar”.

Continuar lendo BRASIL, Rio de Janeiro – Antônia Casa e Café, em Copacabana

BRASIL, SC: Café Colonial do Tirolez, em Itapema – Imperdível!


“Quem vê cara não vê coração”. É verdade!… A fachada do Café Colonial é simples demais para o conteúdo oferecido nos salões. O menos avisado passa pela estrada…, olha…, não dá nada pela casa…, Continuar lendo BRASIL, SC: Café Colonial do Tirolez, em Itapema – Imperdível!

ARGENTINA – Melo. Restaurante Onde Bato Ponto Sempre Que Estou em Buenos Aires.


Conhecemos o Melo por acaso: ao chegarmos para nos hospedar no apart hotel colado ao restaurante, decidimos que era ali que iríamos jantar naquela noite.

Chegamos em torno de 20.00 h para nossa sorte. O Melo é concorridíssimo e o movimento é em ondas; não é para menos. Entendemos a procura ao vermos o cardápio – super variado – e os preços convidativos. Além disso, o acolhimento de parte da gerência e dos funcionários é muito atencioso. Quem não se permite cativar pela simpatia de alguém ou quando é bem recebido em algum lugar?

O salão não é pequeno e as mesas não são aquelas minúsculas em que só cabe o prato. Roupa de mesa limpíssima, ambiente bem decorado, acolhedor.

O atendimento é especialíssimo: gostamos tanto do restaurante que voltamos outras noites. Esses repeteco fez com que fizéssemos amizade com todos os funcionários. Resultado: sempre que vamos a Buenos Aires, batemos ponto no Melo.

Ano passado, 2016, um de nossos amigos estava de férias e outro havia mudado de endereço. Ficamos tristes por não vê-los. mas …, quem sabe, ano que vem, não nos encontramos?

O ambiente é de taberna: bem informal e alegre onde a clientela, visivelmente, sente-se muito à vontade. A impressão é a de que todos pertencem a uma só família.

Outro detalhe que nos chamou atenção: os cumprimentos entre funcionários e clientes mostra que a maioria frequenta assiduamente o restaurante – todos são “de casa”. Achei ótimo!

O restaurante enche e os clientes aguardam na porta, numa boa, até serem chamados. Esse movimento não é à toa.

Início dos trabalhos: cesta de torradas de alho e temperinhos – crocantes e quentinhas. Quem há de resistir?

Inhoques Freddy acima e Ravioles de Ossobuco abaixo. Porções fartas, pratos deliciosos, temperados na medida em que gostamos.

Antes de embarcarmos para El Calafate batemos esse prato de Espaguete ao Funghi e, claro, o Inhoque Freddy não poderia faltar.

Encerrada a seção de delícias, voltamos a pé para o hotel. Caminhar na noite de Buenos Aires é sempre um grande prazer para nós.

Com a palavra, ROSA CRISTAL

ARGENTINA, Bariloche – Lagos: Gutierrez, Mascardi. Camping Los Rápidos. Hosteria Pampa Linda.


“Tamanho não é documento” diz o velho ditado. Mas, neste caso, afirmo que este passeio faz jus ao tamanho do título: você ficará encantado com esse roteiro. Continuar lendo ARGENTINA, Bariloche – Lagos: Gutierrez, Mascardi. Camping Los Rápidos. Hosteria Pampa Linda.

BRASIL, Rio de Janeiro: Filé do Lira – O Melhor Arroz de Polvo do Rio de Janeiro!


O Filé do Lira foi sugestão dos amigos com quem estivemos no CT do Leblon.
O restaurante é muito bem conceituado no Tripadvisor, mas nem precisaríamos saber disso (ou ver o selo do site colado na moldura da porta) para fecharmos esse seríssimo compromisso. Continuar lendo BRASIL, Rio de Janeiro: Filé do Lira – O Melhor Arroz de Polvo do Rio de Janeiro!