Arquivo da categoria: ONDE COMER?

Restaurantes/Lanchonetes/Cafeterias etc.

ARGENTINA, El Calafate – Restaurante La Posta (Parrilla)


IMAGEM DESTACADA: Entrada do restaurante.

A PROPRIEDADE ONDE FICA O LA POSTA

Cidade Suíça? Ou ali seria a casa de um dos personagens de desenho animado de Walt Disney? Poderia ser a casa da Branca de Neve… por que não? Imaginei até um Zangado saindo de trás de uma árvore para nos enxotar do jardim com seu conhecido mau-humor. Ou seria o rancho da família Cartwright do seriado Bonanza? Nada disso. Estamos em El Calafate, surpreendente cidade da Patagônia Argentina.

dscn0448

dscn0445De longe, pensamos tratar-se de propriedade particular; mas conforme nos aproximamos, vimos que era um hotel. E por que não dizer, o mais charmoso do Centro de El Calafate?

Construído em local tranquilo e em meio a uma pequena floresta, o Hotel Posada Los Álamos destaca-se por tudo: é cercado por terreno gramado e bem cuidado; um riacho artificial, com pequenos jatos d’água colocados estrategicamente em seu leito, serpenteia pelo terreno e aumenta o barulhinho gostoso e relaxante de água caindo em água. Pássaros espalham seus cantos pelo ar, e zumbidos de abelhas rechonchudas e coloridas acariciam flores no jardim. Gramado salpicado pela luz do sol, filtrada por galhos de plátanos, álamos e pinheiros, mancham de dourado esse imenso tapete natural que emoldura a bela propriedade. O que dizer de tudo isso?

AGORA, CHEGOU A VEZ DO RESTAURANTE

Atravessamos o jardim e descobrimos um restaurante – La Posta – que não era exclusividade do hotel. Não pestanejamos: com a rapidez de quem furta, decidimos onde jantaríamos naquela noite.

dscn0449-1024x750

dscn0493-1024x768

À esquerda de quem entra (foto acima), um estar pode servir de apoio ao bar para quem preferir tomar seu drink abraçado pelas almofadas dos macios sofá e poltronas.

Forros de pele (carneiros e ovelhas) nos bancos que cercam o bar (abaixo), chamam atenção pela originalidade e ficam um charme no ambiente.

dscn0480-1024x768 dscn0481-1024x768

No restaurante, meu fiel escudeiro e companheirão de viagens escolhe seu vinho. O ambiente é climatizado e totalmente dominado pela cor vermelha – pormenor que proporciona um pouco mais de calor ao salão.

dscn0483-1024x768

Janelas com vista panorâmica trazem o verdor da natureza para o salão decorado com cores quentes.  Sublime contraste!

dscn0486-1024x768

Em nossos pratos, carnes da melhor qualidade (especialidade do La Posta) bem acompanhadas por legumes bem temperados.

No prato de meu fiel escudeiro (acima), o assado bovino acompanhado por shiitakes grelhados e purê de abóbora estava excelente.dscn0487-1024x768

No filé mignon, o toque delicado de um ramo de lavanda decora o prato. Uma salada de frutas (abaixo) encerrou nosso jantar prá lá de especial.

dscn0490-1024x768

Ao sairmos do restaurante, fomos contemplados com esse cenário fantástico que a natureza nos preparou para encerrar o dia.dscn0496

À noite, potentes refletores realçam a paisagem e contribuem para o equilíbrio criado na decoração do interior do restaurante – exemplo de quando a arte de iluminar deixa de ser apenas decorativa e passa a ser necessidade.

dscn0507-1024x768

vai-viajar-istepo-maior-copia

Com a palavra, Rosa Cristal e Marcelo B. A.

TIA ELVIRA – Restaurante em Ushuaia, Terra do Fogo – PATAGÔNIA ARGENTINA.


FOTO EM DESTAQUE:

Já havia lido recomendações a respeito do tia Elvira: que era necessário reservar lugar…, que era muito movimentado…, isso e aquilo.

Chegamos de um dos passeios mais interessantes que fiz desde que me conheço por viajante – a pinguineira da Isla Martillo – e foi prá lá que nos dirigimos, famintos, jogando com a sorte. Caso não encontrássemos lugar, bons restaurantes não faltam em Ushuaia e não são distantes uns dos outros. No Centro, então… há dezenas deles.

Realmente, na hora em que chegamos (13.00 h mais ou menos) estava cheio, mas não lotado; escolhemos mesa tranquilamente e nos aboletamos.

Nossos pedidos deixaram a desejar devido ao excesso de tomate nos molhos. Nada contra a fruta; muito pelo contrário, adoro tomates. Um bom prato de tomates temperados apenas com sal e azeite, para mim, substitui um almoço ou jantar, tranquilamente.  Agora, molho… já é outra conversa. Tomate é uma fruta ácida; e se durante seu cozimento não for bem temperado, sente-se toda sua acidez. Foi esse o caso. Pelas fotos (sem Photoshop!) percebe-se nitidamente que a tia exagerou.

O ambiente é agradável, descontraído, mas… não voltaríamos ao restaurante.

dscn0186-1024x856
Risoto de frutos do mar – excesso de molho de tomates modificou o sabor do prato.

*****

dscn0187-1024x722
Centolhas em molho ácido de tomates. Deixou a desejar em sabor. Quase uma sopa.

*****

dscn0188-1024x768
Ambiente descontraído e agradável. Quem sabe, se tivéssemos escolhido outro prato, não teríamos saído satisfeitos? Mas… ficou a primeira impressão.

*****

dscn0191-1024x575
Localização do Tia Elvira: bem em frente ao Porto.

*****

img186-2ROSA CRISTAL comenta.

La Vaca Atada – Restaurante em El Calafate, Argentina.


IMAGEM DESTACADA: interior do restaurante.

Chegamos ao restaurante em horário de abertura e sentamo-nos em uma mesa próxima à janela. Assim, pude fotografar de bom ângulo o salão ainda vazio. Sorte minha porque logo após o restaurante começou a encher e ficou lotado. Continuar lendo La Vaca Atada – Restaurante em El Calafate, Argentina.

PERU, Lima – Restaurante L’Eau Vive.


IMAGEM DESTACADA: entrada do prédio onde fica o restaurante.

Bem próximo ao PALÁCIO TORRE TAGLE está o restaurante L’EAU VIVE de culinária francesa e internacional como anunciam na porta.

O nome nos remete imediatamente àquela culinária requintada, mas não é nada disso – muito pelo contrário. Trata-se de comida simples, porém bem elaborada, feita com muito capricho pelas freiras  e onde se percebe um sotaque francês – da senhorinha que me pareceu administrar o restaurante.

Aguardamos a abertura do salão e entramos. Logo, logo estava lotado por pessoas habituadas a frequentá-lo. Percebemos nitidamente que pelos cumprimentos amáveis ao chegarem ao restaurante, não se tratavam de “forasteiros” como nós.

Fomos os primeiros a entrar e a fazer os pedidos, e quase os últimos a serem atendidos. Distração da cozinha fez com que nos aproximássemos um pouquinho mais daquela senhorinha francesa, simpaticíssima, que se desdobrou em desculpas pelo atraso de nossos pratos. Valeu pelo rápido contato.

Esse atendimento prá lá de especial de parte da senhora e de todas as meninas que trabalham no salão é responsável pela casa cheia. Não é só esse aconchego de casa de avó que conta. Na na-ni na-não! Faz parte desse contexto o imóvel em si – clássico, maravilhoso -, a limpeza do ambiente e a aparência e o sabor da comida.  Ah! E o preço.

Valeu demais!

*****

P1130117 (1024x865)

A placa chama atenção para o Canto da Ave-Maria todas as noites.

P1130124 (1024x870)

*****

P1130126 (1024x742) (1024x742)

Como entrada, manga com camarões. E como pratos principais: camarões com molho levemente adocicado com côco e peito de frango com molho de amêndoas.

P1130130 (1024x768)

P1130131 (1024x585)

O ÁGUA VIVA é uma excelente opção para quem está no Centro Histórico de Lima e deseja saborear comida saudável.

*****

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

Moderadora: ROSA CRISTAL

Kaupé – Restaurante em Ushuaia, Terra do Fogo.


FOTO EM DESTAQUE: O bar estiloso do Kaupé.

Na recepção do Hotel Fueguino pedimos que ligassem para o Kaupé e fizessem o obséquio de reservar lugar para duas pessoas, caso houvesse possibilidade.
Não demorou muito a recepcionista balançou afirmativamente a cabeça e disse que poderíamos ir tranquilamente porque nossos lugares estavam garantidos.
Em lá chegando, não havia reservas em nosso nome. Concluímos que a tola só havia confirmado se ainda havia lugares disponíveis, e ficou por isso mesmo.
O Kaupé é considerado um dos melhores restaurantes de Ushuaia; como não é espaçoso e é concorrido, a reserva é aconselhável. Outro pormenor: não conta com estacionamento, e por ficar em uma parte alta da cidade, a utilização de um taxi é bom negócio.

dscn0284-1024x768

A originalidade do porta-guardanapos chamou imediatamente nossa atenção.

Pães chegaram à nossa mesa tinindo! Foram servidos quentinhos e crocantes. E para não fugir ao nosso costume, sempre saboreamos alguns pedacinhos sem o acompanhamento das pastas. Estavam deliciosos.

dscn0290-1024x768
Salão com decoração simples e agradável.

*****

dscn0283-1024x768

Do salão vislumbra-se bela vista de Ushuaia. Ao reservar, procure pelas mesas junto à janela. É o desejo de todos, mas… quem sabe, não será seu dia de sorte?

dscn0286-1024x768

Entrada: finas fatias de lombo de novilho, alcachofras, alcaparras, queijo provolone e azeite de oliva. Prato gorduroso (não são meus preferidos!), mas… confesso que estava saboroso.

Nota: Alcaparras e alcachofras passaram distante; muito distante do prato. Pensei até que fosse receber algum prêmio caso as encontrasse.

dscn0289-1024x768 Como prato principal: filé mignon ao molho de ameixas (Lomo Salsa Ciruelas), acompanhado de batatas.

kaupe-restaurante-ushuaia

O preço dos pratos combina com o endereço do Kaupé: lááá em cima…
Mas… valeu.

*****

img186-2

ROSA CRISTAL comenta

 

 

PERU, Lima – Pescados Capitales


FOTO DESTACADA: Imagem do Jogo Americano do Restaurante.

Seria difícil dizer qual restaurante em Lima é o mais original ou o mais luxuoso, mesmo que tivesse conhecido todos. Também não posso afirmar que o Pescados Capitales seja o mais descontraído da cidade, mas arrisco dizer que está incluído no rol dessa categoria, digamos assim.

Logo que entramos a impressão foi de estarmos em um pátio mexicano. O local é muito amplo, claro, ventilado, e a decoração rústica e leve contribui bastante para essa descontração. Trata-se de um restaurante de excelente reputação, de cardápio variadíssimo e tão original quanto o nome da Casa.

Os jogos americanos apresentam os Sete Pecados de maneira bem singular e divertida: cada um refere-se a uma figura marinha e sob cada figura há uma legenda. A Soberba, por exemplo, é retratada por um cavalo-marinho e a legenda diz o seguinte: “Sou o máximo até que se prove o contrário”. A Ira, por um peixe de dentes fartos e pontiagudos; a Luxúria pela lagosta, e por aí vai.

Na imagem destacada está o polvo. Abaixo, a tartaruga aparece como a Preguiça.

P1130484 (1024x731)

Os pratos estão separadas por tipo de “pecado”. Mas, como os principais são sete, o restaurante considerou qualquer deslise como falta grave e o incluiu no menu. Sorte nossa – o menu só cresceu…

Há um espaço coberto com uma grande mesa no lado oposto ao canteiro, e um bar caprichado em uma espécie de varanda, localizada de frente para o salão.

P1130491 (1024x768)

O atendimento é simpático e cortês, mas nem sempre rápido devido ao movimento da Casa. Já escrevi em outra postagem que os restaurantes em Lima superlotam num piscar de olhos e o Pescados Capitales não foge à regra.

P1130454 (1024x767)

P1130457 (1024x768)

Pescados Capitales – simplicidade, charme e aconchego.

P1130458 (1024x768)

É o restaurante mais espaçoso que conheci nessa primeira visita a Lima.

P1130459 (1024x678)

P1130460 (1024x768)

Milho torrado e salgado como aperitivos – delícia com gostinho de pipoca.

P1130462 (1024x768)

Aqui começam os deliciosos pecados. No cardápio você vê um título muito interessante: a CAUSA do Pecado. Essa causa não se trata do motivo da transgressão, mas o nome de um prato pré-colombiano herdado  pelos peruanos.

A base é composta por purê de batatas, aji amarelo (uma pimenta muito utilizada na culinária peruana), limão, ovo cozido, alface, azeitonas pretas e abacate. Não quer dizer que você não possa recheá-las com outros ingredientes – tudo é questão de gosto e criatividade.

Quando prontas assemelham-se a docinhos de festas de aniversário.  São servidas frias e são saborosíssimas. Não sendo delicadas como as da foto, podem ser servidas no formato de um bolo de carne.

P1130476 (1024x768)

*****
P1130465 (956x1024)

P1130466 (961x1024)

P1130468 (1024x679)

Abaixo, os pratos são classificados como NOSSOS PECADOS:

P1130469 (723x1024)

Pela designação dos pecados listados no menu, somos eternos devedores. Agora, em se tratando de um cardápio, vale muito à pena cometermos esses tipos de faltas. Literalmente, e com trocadilhos, peco com muito gosto.

P1130472 (827x1024)

P1130473 (913x1024)

Até vegetariano peca. Imagine isso…

P1130474 (1024x715)

O começo de nossos trabalhos não poderia ter sido melhor: ceviche acompanhado de milho branco.

P1130478 (1024x768)

Prato principal: camarão VG e abóbora.

P1130481 (1024x768)

Pecando desse jeito você não precisa se redimir. Orar, sim. E agradecer aos céus  por mais esse momento lindo.

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia

Moderadora: ROSA CRISTAL

Continuar lendo PERU, Lima – Pescados Capitales

PATAGÔNIA ARGENTINA, Ushuaia – Maria Lola Restô.


FOTO EM DESTAQUE: Vista do Restaurante.

Foi um dia em que estávamos de bobeira e não sabíamos onde almoçar. Pedimos sugestão ao pessoal da recepção do Hotel Fueguino, onde estávamos hospedados, e a sugestão não poderia ter sido melhor.
Primeiramente, o restaurante fica pertinho do hotel. Em segundo lugar, é ótimo! da recepção às despedidas.
Chegamos assim que abriram o restaurante; encontrá-lo vazio foi ótimo porque pude fotografar à vontade.

dscn0250-1024x768

dscn0253-1024x757

Ambientação agradável, aconchegante. Paredes de cor alaranjada para ajudar a “aquecer” os salões do restaurante.

dscn0262-1024x768

Pães quentinhos e saborosos e uma pasta de salmão abriram nossos trabalhos.
Foi o jovem simpático e educado chamado Hugo que ajudou-nos a escolher os pratos.
dscn0264-1024x768

O espaguete com centolhas veio caprichado. Só achei um pouquinho ácido devido ao excesso de molho de tomate.

dscn0270-1024x768

Do restaurante avista-se um panorama privilegiado: o porto, no Canal de Beagle, uma pequena parte da cidade, e a Iglesia Nuestra Señora de la Merced. Nossa intenção após o almoço era entrar no templo e orar para agradecer por esse momento lindo, mas… estava fechada.

dscn0265-1024x768

Sorvete de calafate como sobremesa; um café, a conta, e as despedidas de Hugo e dessa vista deslumbrante que se descortina do Maria Lola Restó.

Vista que é capaz de alimentar a alma dos indiferentes e/ou materialistas do antes de qualquer garfada.

dscn0273-1024x684

Acima, o que se vê do salão do restaurante em frente e à esquerda. Abaixo…

dscn0272-1024x603

…  o que se vê à direita.  No vídeo postado no final, você poderá ver todo o panorama. Fraquinho, mas dá para você ter uma idéia do lugar.

dscn0274-1024x768

O restaurante, visto do jardim.

*****

Vou logo avisando que esse vídeo (de minha autoria) é bem sem graça – Maria Lola Restó

img186-2

Com a palavra, ROSA CRISTAL.

 

PATAGÔNIA ARGENTINA – Ushuaia. Um Pequeno Rolê Pelo Centro.


FOTO em DESTAQUE: Residência na Avenida San Martin, Centro.

A ESCOLHA EQUIVOCADA DO ROTEIRO

Sabe quando você percebe que tomou o bonde errado?
Para quem não andou de bonde e/ou nem desconfia o que é, lá vai: era um veículo longo que ficava mais longo ainda quando carregava o reboque (outro bonde mais simples em aparência do que o carro principal) e que quase o jogava na rua todas as vezes que fazia uma curva, Continuar lendo PATAGÔNIA ARGENTINA – Ushuaia. Um Pequeno Rolê Pelo Centro.

Brasil, Paranaguá – Casa do Barreado. O Que Há de Melhor na Culinária da Cidade.


IMAGEM DESTACADA: A Casa do Barreado.

Ó, istepô! Não pense que você encontrará restaurantes em profusão em Paranaguá porque vai dar com os burros n’água. O que existe de melhor (e que melhor!) está sob a batuta de Dona Norma: a Casa do Barreado.

Antes de viajar costumo consultar a internet para saber que atividades a cidade a que me destino oferece, bem como os restaurantes mais cotados e, evidentemente, os hotéis mais indicados (embora nem sempre agrade). Continuar lendo Brasil, Paranaguá – Casa do Barreado. O Que Há de Melhor na Culinária da Cidade.