Villa do Porto – Restaurante e Bar em Santo Antonio de Lisboa.


IMAGEM DESTACADA: VISTA da PRAIA de SANTO ANTONIO DE LISBOA, em FRENTE AO RESTAURANTE VILLA DO PORTO.

Endereço: R Quinze de Novembro,123
Santo Antônio de Lisboa Florianópolis – SC
Tel: 48 3234-1000

Horário de funcionamento
Segunda e Terça: 12h – 23h
Quinta a Sábado: 12h – 23h
Domingo: 11:30hs – 17h

Santo Antonio de Lisboa, em Florianópolis, está repleto de bons restaurantes e o Villa do Porto destaca-se por três motivos: ocupa um casarão Histórico – da época da colonização da cidade pelos açorianos -, está bem no Centrinho do bairro e em frente à praia. Melhor que isso?

Ao lado do restaurante está a Praça Roldão da Rocha Pires onde encontramos a primeira rua calçada do Estado, construída na época em que Dom Pedro II visitou o bairro, em 21 de outubro de 1845. É a rua que vemos na foto, colada à uma das paredes do Villa do Porto.

E mais! Foi justamente nesta casa onde se hospedou o imperador.

A ocupação do salão do primeiro andar é para aproximadamente 100 pessoas e é este espaço que a gerência costuma sugerir para abrigar convidados de grandes comemorações, ocasião em que o menu poderá ser personalizado.

O menu é à la carte e consta de pratos de peixe, frutos do mar, risotos, saladas e carnes. O cardápio faz ainda um passeio rápido pela Itália (brusquetas e pizzas, por exemplo) e ainda pelo Japão (Sushi bar).

Durante a temporada os lugares são disputadíssimos, principalmente as mesas que ocupam a calçada. Convém chegar cedo se você preferir degustar ostras e camarões ouvindo o barulhinho da onda quebrando na beira da praia.

Atendimento da melhor qualidade: rapaziada simpática, receptiva, educada. Recomendo.

DSCN1592 (1024x768)
O casarão onde o Imperador permaneceu em sua visita ao bairro. Ficou muitos anos fechado, até que o Villa do Porto o ocupasse.

*****

DSCN1593 (1024x768)
Ao lado, colada á parede do casarão, a primeira rua calçada do Estado!

*****

DSCN1602

Estivemos no início do Inverno no Villa do Porto. Gentilmente, o garçom, outro carioca, nos ofereceu os caldinhos de legumes que você vê na foto. Não imaginam como caiu bem! Havia chovido e o frio estava de lascar. Os caldinhos esquentaram até nossas almas.

DSCN1605 (1024x768)
VISTA DO SALÃO DO TÉRREO.

*****

DSCN1608 (1024x768)
PARCIAL DO SALÃO DO PRIMEIRO ANDAR

*****

DSCN1609 (1024x768)
PIZZAS CAPRICHADAS ASSADAS EM FOGÃO À LENHA

*****

DSCN1610 (1024x768)
ASPECTO DO ESPAÇOSO BAR, NO TÉRREO.

*****

DSCN1614 (1024x768)
A PORÇÃO É PARA UMA PESSOA: PEIXE (não me recordo mais qual foi) COM MOLHO DE CAMARÃO, BATATAS FRITAS, ARROZ e PIRÃO.

*****

DSCN1618 (719x1024)
A conta, em apresentação prá lá de original. Adorei a idéia.

*****

DSCN1621
Como despedida, essa paisagem maravilhosa de Florianópolis iluminada, vista de Santo Antonio de Lisboa.

*****

img186 cópia

*****

Moderadora: Rosa Cristal

Catedral de Lima – O Principal Monumento da Praça Mayor.


IMAGEM DESTACADA: Interior da Basílica/Catedral de Lima.

*****

*****

VOCÊ SABE QUAL A DIFERENÇA ENTRE CATEDRAL e BASÍLICA?

O QUE É UMA BASÍLICA?

A denominação remonta às Ágoras gregas, origem mais remota de nossas Bolsas de Valores, por serem locais públicos onde pessoas se reuniam não apenas atraídas por feiras e mercados, bem como para discutir política, cultura e outros assuntos de interesse dos cidadãos.

As mercadorias eram anunciadas em voz alta, a fim de que todos escutassem o que estava sendo comercializado, tal qual acontece ainda hoje nos pregões das Bolsas de Valores. Para quem ainda não sabe, este é o motivo da gritaria. Continuar lendo Catedral de Lima – O Principal Monumento da Praça Mayor.

Carrières de Lumière – Baux de Provence.


IMAGEM DESTACADA: Óleo sobre tela de Pierre-Auguste Renoir ( 1876) intitulada O Baile no Moulin de la Galette. Obra Impressionista medindo 75.5 x 99.  Acervo Museu d’Orsay  

******

*****

NB: Saindo do Château d’Estoublon trafegue pela A-54. Nesta estrada há pedágios! Estradas com a designação da letra “A cobram pedágios por serem de tráfego mais rápido.

Para não me estender deixo dois links esclarecedores para você que pretende dirigir no exterior. Um deles é o lugares inesquecíveis  e o outro é o Conexao Paris.

*****

Baux-de-Provence é uma comuna francesa  (“comuna” é o menor nível de uma divisão administrativa na França) que, apesar de pouquíssimos habitantes (pelo que pesquisei em 2013 chegou a 450!) atrai cerca de 1.500.000 visitantes por ano! O número é esse mesmo, não me enganei.  Está perto de Saint-Rémy de Provence (8 km) e de Arles (16 km). Continuar lendo Carrières de Lumière – Baux de Provence.

Chateau d’Estoublond Fontvieille – História de Sucesso às Custas de Muito Trabalho.


IMAGEM DESTACADA: FACHADA DO CASTELO.

https://www.jscache.com/wejs?wtype=socialButtonIcon&uniq=295&locationId=187256&color=green&size=rect&lang=pt&display_version=2

*****

Vinícola:
Endereço: Route de Maussane, 13990 Fontvieille, França.

Horário:

segunda-feira Fechado
terça-feira 10:00–13:00, 14:00–18:00
quarta-feira 10:00–13:00, 14:00–18:00
quinta-feira 10:00–13:00, 14:00–18:00
sexta-feira 10:00–13:00, 14:00–18:00
sábado 10:00–13:00, 14:00–18:00
domingo Fechado
 *****

UM POUCO DE SUA INTERESSANTE HISTÓRIA

Saímos de Saint-Rémy-de-Provence rumo ao castelo cuja história remonta à Idade Média, século XV, até então batizado como “Grand Mas“. No século XVIII o imóvel, então denominado Mont-Paon, recebe o nome de Estoublon em memória de um feudo do mesmo nome. Nada em destaque a meu ver.
Em 1900 foi adquirido por um antiquário parisiense, que se desfez do imóvel alguns anos depois após esvaziá-lo de móveis e emadeiramento.
O proprietário seguinte, um agricultor, conta-se, não fincou raízes por achá-lo muito grande para seu uso pessoal. Vendeu-o em 1932 à família Lombrage, que empenhou-se em reconstruir suas oliveiras após uma geada de 1956.
Só em 1998 é que o castelo passa para a família Schneider, que decide explorar as terras cobrindo a propriedade com videiras e oliveiras. Continuar lendo Chateau d’Estoublond Fontvieille – História de Sucesso às Custas de Muito Trabalho.