Arquivo da tag: Santo Antonio de Lisboa

FLORIANÓPOLIS – Caminho dos Açores e Estrada Haroldo Soares Glavan – Você Sabe Onde Ficam?


FOTO EM DESTAQUE: Paisagem vista da Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.

*****

*****

E daí, guri(a)? Acertaste ou não sabes mesmo onde ficam?
O Caminho dos Açores é mais o conhecido, porque começa na Praça Getúlio Vargas – aquela pracinha que fica em frente à Igreja N. S. das Necessidades no centrinho de Santo Antonio de Liboa.
A Estrada Haroldo Soares Glavan é a opção que o motorista tem para chegar à SC-401 trafegando à beira-mar (saída no acesso para o Cacupé).
Saindo da praça basta dobrar à direita antes de chegar ao final do Caminho dos Açores, por onde você também acessa a SC-401. Há placa indicativa. Trata-se da estrada que vai para o Cacupé. Esta é a …

… ESTRADA ALTERNATIVA PARA QUEM PARTE DO NORTE DA ILHA em direção AO CENTRO DE FLORIANÓPOLIS.

Por ser apaixonada por esse caminho, não levem em consideração meus elogios – sou suspeita ao dizer o mínimo que seja quando o assunto é Santo Antonio de Lisboa. Sei não, mas acho que vocês me darão razão quando virem as fotos. Canto-o em verso e prosa e por isso é bom mesmo desconfiar.
Imagine! Trocar essa maravilha pela SC-401! Nem morta, istepô!

Quem parte do Norte da Ilha em direção ao Centro normalmente prefere seguir pela rodovia porque o tráfego é mais fluente.
Em compensação, não desfruta da beleza que a natureza oferece (e “de grátis!”) ao longo desses caminhos. E vou te dizê – ó istepô quiridu que acompanha o blog – só “mash” uma coisinha: acredito que sejam essas paisagens deslumbrantes que acabam por atrasar quem está com pressa e por isso escolhem a 401.

As paisagens que emolduram Açores e Haroldo Glavan, convidam o motorista a diminuir a velocidade do veículo e apreciá-la. Gosto tanto desse trajeto que consigo sentir as sensíveis diferenças que o Universo nos traz a cada dia; óbvio que me atrai e me faz gostar desse trajeto cada vez mais. Confiram  e depois me digam se tenho ou não razão.

As fotos foram tomadas por mim na parte da manhã e ao entardecer.

NOTA: Fotos sem legenda falam por si. Desnecessário repetir o que ficou esclarecido no texto.

*****

Florianópolis - Dez 2014 (128)
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS NECESSIDADES, no centrinho de Santo Antonio. Em frente, a Praça Getúlio Vargas.                   FOTO: Marilia Boos Gomes.

*****

Florianópolis - Dez 2014 (107)
Parcial da PRAÇA GETÚLIO VARGAS, vista do interior da igreja. Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1556 (1024x768)
CAMINHO DOS AÇORES – lado direito de quem trafega em direção ao Centro de Florianópolis. Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1560 (1024x762)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN.     Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1580 (1024x768)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – CACUPÉ.   Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1587 (1024x763)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – Praia de CACUPÉ               Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1635 (1024x553)
ESTRADA HAROLDO SOARES GLAVAN – CACUPÉ.                        Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1638 (1024x640)
Praia do CACUPÉ – Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.      Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1639 (1024x768)

*****
DSCN1686 (1024x768) (1023x618)

*****

CAMINHO DE VOLTA – CENTRO DE FLORIANÓPOLIS/SANTO ANTONIO DE LISBOA.

DSCN1684
Morro da Cruz e Florianópolis à esquerda. À direita, o Estreito (continente).

*****

DSCN1692 (1024x762)
Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.  Ao fundo as Ilhas Ratones – Ratão Pequeno à esquerda. À direita, Ratão Grande.                                                                                            Foto Marilia Boos Gomes.

*****

DSCN1693 (1024x763)
Estrada HAROLDO SOARES GLAVAN.      Foto Marilia Boos Gomes.

*****

Visitar Santo Antonio de Lisboa é voltar no tempo, é sentir-se em uma aprazível e pacata cidadezinha do interior, mas com uma sensível diferença:  que dorme e desperta, languidamente, em frente ao mar.

Telhados denunciam que a madeira queima em algum antigo fogão à lenha e pequenas hortas brotam ao lado de  casas de pescadores cujo quintal é esse mar que nos contamina com sua tranquilidade.

Veja abaixo: quem, em uma cidade grande, estende suas roupas na beira de uma estrada para que sequem ao vento?

*****

DSCN1695 (1024x736)
Caminho dos Açores em SANTO ANTONIO DE LISBOA.    Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

Ou vê o por-do-sol, diariamente, quase encaixar-se na depressão da montanha e despedi-se do dia?

*****

DSCN1696 (1024x766)
Por do Sol – mais um! – visto da POUSADA MAR DE DENTRO no CAMINHO DOS AÇORES. Foto: Marilia Boos Gomes.

*****

Para saber mais a respeito de Santo Antonio de Lisboa e Cacupé, dê uma olhada nestes links – trabalho louvável de outro carioca apaixonado pela Ilha de Florianópolis: http://www.guiafloripa.com.br.

*****

img186

*****

Moderadora: RosaCristal  

Pousada Mar de Dentro em Florianópolis – Pedaço de Paraíso Cada Vez Melhor.


Em outra postagem já escrevi e mostrei o porquê de minha admiração pela pousada Mar de Dentro –  sem favor nenhum – cujas qualidades você pode conferir no link que segue abaixo.

Uma oportunidade para você comparar não somente o quarto 07 com o 02 mostrado nesta postagem, bem como a novidade que a pousada providenciou para segurança das crianças: a colocação de uma grade em ambos os lados do deck da piscina em que o fechamento ficou ao alcance apenas de quem já passou da idade que requer cuidados maiores. Continuar lendo Pousada Mar de Dentro em Florianópolis – Pedaço de Paraíso Cada Vez Melhor.

Marisqueira Sintra – Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis, S.C.


Imagem Destacada: Casarão em Santo Antonio.

Como chegar a Santo Antonio de Lisboa: acesse a SC-401, rodovia que o levará ao Norte da Ilha a partir do viaduto da Avenida da Saudade, continuação da Beira-Mar Norte. Para explicações mais detalhadas clique aqui.

Endereço:Rua XV de Novembro, 147 – Sto Antonio de Lisboa, Florianópolis, SC
Horário de Atendimento: Segunda, Quarta, Quinta, Sexta e Sábado 12:00 – 15:30 e 19:00 – 23:30. Domingo 12:00 – 16:00 e 19:30 – 23:00 | Terça-feira – Fechado. Reservas: 48 3234.4219 | 48 9962.1882

 *****

P1110338 (1024x768)

*****

P1110345 (1024x768)
Um pouco da história da cidade de Sintra, neste painel.

*****

P1110350 (1024x768)

*****

P1110352 (800x600)
Bolinhos de bacalhau saborosos e sequinhos.

*****

Não é de hoje que conheço a Marisqueira. Conheço-a desde o tempo em que os siris escalavam o vidro do aquário e, quando menos se esperava, se deparava com algum deles passeando pelo salão.

A respeito dessas escapadas, há uma história interessante contada por uma funcionária que passou um susto por conta de uma dessas fugas: esta jovem foi ao banheiro. No que acendeu a luz, entrou e trancou-se no toilette, levou um baita susto: um deles estava escondidinho atrás da porta com as garras prá cima, pronto para o ataque. A grata surpresa expulsou-a do banheiro aos gritos e em desabalada corrida.
Nesta época, em minha opinião, o Sintra era maravilhoso por conta de um simples, mas delicado pormenor: respeitava a culinária portuguesa e servia pratos autênticos.

P1110353 (1024x768)
Tomate na Açorda – nada a ver.

*****

FURADA – AÇORDA DE CAMARÃO COM TOMATES NÃO EXISTE!

Em março passado voltei à Marisqueira e optei por uma açorda de camarão. Qual minha surpresa? Tomate! Acrescentaram tomate! à açorda! Decididamente, os restaurantes que se dizem especializados em culinária portuguesa estão deixando a desejar. Todo português sabe que em açorda, tomate não entra! Isso é inadmissível…

A resposta do garçon foi pior que o sabor ácido do prato: – É que a Marisqueira faz uma “adaptação” ao gosto brasileiro.
Pelo amor de Santo Antonio de Lisboa!… Adaptação? Fico logo imaginando uma feijoada completa, “adaptada” à moda tailandesa ou indiana. Como seria? Com côco e muito curry?
Lembrou-me o Rancho Português aqui do Rio. Decepção. Sem mais comentários.

*****

P1110355 (1024x718)
Para quem gosta de autenticidade, vai o aviso: o prato foge à tradicional  culinária portuguesa.

*****

img186

Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis: Tom – Música, Café e Arte.


Foto em Destaque: Trabalho criativo na parede da cafeteria.

Endereço: rua XV de Novembro, 181, Centro de Santo Antonio de Lisboa.
Florianópolis, SC.

Era tudo o de que precisávamos naquela hora: um café.
Pela janela da antiga residência açoriana bisbilhotávamos os trabalhos de artesanato de um atelier quando vimos que ao lado, colado à casa, havia um Café.
Vimos então que o espaço ocupado pelo bistrot/cervejaria e atelier é uma coisa só.
Desde o portão até a parede dos fundos, tudo é motivo para admiração pelo trabalho artesanal executado nas paredes, piso, forração dos vasinhos de plantas e na escada da cervejaria. Trabalho para beneditino nenhum botar defeito e deixar Santo Antonio orgulhoso por estar cercado de arte e receber merecido destaque em uma das paredes.

O funcionário que nos atendeu, simpaticíssimo, cercou-nos de atenções e nos serviu um Cappuccino prá lá de gostoso.

O Café está recém inaugurado. Segundo nos informou, à noite há sempre música ao vivo.

Portanto, justificado o nome: Música, Café e Arte. E “Tom”, obviamente, em homenagem ao maestro Tom Jobim. Mais um Achado.

*****

DSCN1062 (1024x768)
Decoração descontraída de bom gosto.

*****

DSCN1063 (1024x768)

*****

DSCN1064 (1024x768)

*****

DSCN1067 (1024x834)

 *****

DSCN1069 (744x1024)
Cafés bem dosados, sem sair do “Tom”.

*****

DSCN1073 (800x600)
Adoramos o pit-stop.

*****

img186

Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis, SC.


FOTO EM DESTAQUE: Centrinho em Sto Antonio de Lisboa. Dispensa qualquer comentário.

Mudança de rumo: o Sul da Ilha de Santa Catarina (Campeche, Armação do Pântano do Sul, Pântano do Sul, Ribeirão da Ilha e Caieira da Barra do Sul) ficou para trás e agora estamos no Norte, mais precisamente em Santo Antonio de Lisboa, outro ponto de colonização da ilha catarinense pelos açorianos.

Localização: Noroeste da Ilha de Florianópolis, a 12 km do Centro da cidade pela SC-401 em direção ao Norte da Ilha.

Como Chegar: Do Centro de Florianópolis siga pela Avenida Beira-Mar Norte. Concentre-se em três pontos de referência que você encontrará bem mais adiante após passar por baixo da Ponto Hercílio Luz: o Prédio da Polícia Federal – não há como passar despercebido -, o supermercado Angeloni – também chama bastante atenção – e o Teatro do SIC, um pouco recuado e muito próximo ao viaduto que você terá que subir. Para quem não conhece, não me importo com chover no molhado: neste sentido de tráfego todas essas edificações estão à direita porque à esquerda está o mar.

Procure trafegar neste lado da pista do meio, porque logo após passar o supermercado você verá placas indicativas para o Norte da Ilha (Daniela, Jurerê, Canasvieiras, Ingleses e Costão do Santinho).

Para alcançar a SC-401, suba o viaduto. Ao descê-lo você já estará na Avenida da Saudade, uma das pontas da SC-401. Como esta avenida não é extensa, vá ganhando sua esquerda porque no final, em frente ao cemitério, é isso que você terá que fazer: esquerda, vol-ver! Siga em frente até encontrar indicações para Santo Antonio de Lisboa. Fácil assim. Você passará por um Shopping chamado Floripa Shopping (excelente), pelo prédio da redação do Diário Catarinense, pelo Centro Administrativo, pela entrada de quem vai para o Cacupé, outro bairro em frente ao mar. Passe por tudo isso e continue a seguir em frente, sem medo de ser feliz.

Imagem_GoogleEarth
Final da Avenida da Saudade, início da SC-401. Imagem Google Earth.

Um parêntesis: no final de Avenida da Saudade, virando à direita, você alcançará a Lagoa da Conceição, a Praia Mole, a Praia da Joaquina, a Barra da Lagoa. Antes de chegar à Lagoa você verá placas indicativas para o sul da ilha (Campeche, Armação, Ribeirão etc.), mas essa já é outra história que ficará pra mais tarde.

Santo Antonio de Lisboa é um bairro de personalidade semelhante ao Ribeirão da Ilha por conta de sua origem e quem resume a História do bairro  é  o Guia Floripa (clique aqui).

*************************

A Freguesia de Santo Antonio de Lisboa, batizada com o nome de Nossa Senhora das Necessidades da Praia Comprida, inclui os bairros de Sambaqui, Barra do Sambaqui e Cacupé.
Tal qual a Freguesia do Ribeirão da Ilha, estes bairros, berços da colonização de Santa Catarina pelos açorianos, ainda conservam seu bucolismo, não se deixando abalar sequer pelo  movimento nervoso na época da alta temporada. Bairros tradicionais como os citados acima atraem turistas o ano inteiro por conta de sua originalidade, artesanato, praia, e, sobretudo, gastronomia.
Fora da temporada a tranquilidade de Sto Antonio é um convite ao relaxamento. E para entrarmos neste clima, basta olharmos os barcos ancorados. Quase não se mexem; flutuam como que adormecidos, embalados pelo movimento suave do mar. E em conjunto com o casario muito bem conservado do século XVIII, formam o postal perfeito.
Mais uma vez tive dificuldade em separar fotos para postar. Santo Antonio é um lugar tão lindo, que acabei extrapolando e saquei mais fotos do que devia, pensando em lhes mostrar o máximo. Assim sendo, não me deixarei furtar desse prazer.
E vocês não sabem: hoje, 06 de junho de 2015, acabo de descobrir no Facebook o Heverson Santos, um baita fotógrafo prá inglês nenhum botar defeito. E como sou apaixonada por foto, pensei: – Mais uma, menos uma, não vai fazer tanta diferença assim. Ledo engano.
Heverson clicou o fim de tarde em Santo Antonio de Lisboa no dia de hoje. Um momento registrado por sua máquina em uma fração de segundos, que nunca mais voltará. Essa é a magia das fotos: um momento único que apenas seus olhos viram. Mesmo porque, se alguém estiver a seu lado, o ângulo será diferente e a foto será outra. Portanto, chega de papo e deleitem-se com a foto do HEVERSON SANTOS, a quem agradeço penhorada pelas atenção e gentileza.
 *****
SANTO ANTONO DE LISBOA POR HEVERSON SANTOS.
“Fim do dia em Santo Antonio de Lisboa” Por HEVERSON SANTOS em 06/6/2015.

 *****

DSCN0989 (1024x766)
Os açorianos sabiam escolher lugar aonde morar. E como sabiam!
 *****
DSCN0990 (1024x768)
Centro de Santo Antonio de Lisboa. Ao fundo, o continente.

*****

DSCN0991 (1024x763)
Praia de Santo Antonio.

*****

DSCN0993 (1024x768)
Isso é que é vadiar!

*****

DSCN1003 (1024x768)
Santo Antonio de Lisboa

*****

DSCN1004 (1024x768)
… e precisa de legenda?

*****

DSCN1008 (1024x768)
Ao fundo o Morro da Cruz que “escalei” quando criança junto com minhas primas. A dificuldade maior foi descer.

*****

DSCN1009 (1024x768)
Santo Antonio de Lisboa ou de Florianópolis, não importa, o bairro é lindo.
*****
DSCN1011 (1024x768)
 *****
DSCN1013 (1024x768)
*****
DSCN1014 (1024x765)
 *****
DSCN1015 (1024x763)
Santo Antonio dispensa definições. O importante é sentí-lo.

*****

DSCN1016 (1024x768)
 *****
VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia
*****

Santo Antonio de Lisboa – Spaguetteria e Caffé. Florianópolis.


Endereço: rua Cônego Serpa, 30
Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis, SC.
Tel.: 3235.2356

Não houve uma vez que estivesse em Floripa que não fosse à Spaguetteria da qual tanto gostava. Do cardápio, acreditem, foram poucos os pratos de massa que não saboreei. Sem trocadilho, eram de se comer rezando; inda mais levando-se em conta que todos foram batizados com nomes de santos, era comer com fé e agradecer a Deus por aquele momento lindo. E todos eram honestos, não havia do que reclamar.

Da casa e arrumação do jardim acompanhei algumas modificações e uma delas lamentei profundamente: foi quando não encontrei mais um pé de figo lindo, frondoso, plantado à esquerda de quem entra pela porta principal e não pela Casa Arte e Tramóias Ilhôas.

O espaço é bem dividido e não poderia ser mais aprazível: há ambiente fechado, refrigerado; há ambiente coberto por meia-água e há ainda bastante lugar ao ar livre para os que preferem comer sob as pitangueiras.

À noite, o quintal fica mais charmoso, mais chamativo, parecendo que uma festa vai começar a qualquer momento. Tudo isso valorizado por fios de lâmpadas enrolados nas árvores e spots direcionados para as plantas, compõem o acabamento desse lindo cenário.

Aconteceu que fiquei afastada da cidade mais de dois anos; e agora, no final de 2014 voltei à Florianópolis (onde ainda mantenho residência) e fui bater meu ponto na Spaguetteria.

Quanta decepção!!! O prato que escolhi era pura tapeação – segundo pecado mortal, porque o primeiro foi o descarte do pé de figo.

Pedi um espaguete com frutos do mar. Mar de molho de tomates – e aqui fica registrado meu protesto: não aguento mais!!! os proprietários de restaurantes pensarem que podem enganar todo mundo enchendo os pratos com molho de tomate – onde quase boiavam dois anéis de lula, uns quatro camarõezinhos e ainda uma quantidade irrisória de berbigão que cabia em uma colher de sobremesa arrumadinhos lado a lado. No mais, dá-lhe tomate. Ostras? Nenhuma! E quer saber? Basta descer uma quadra e encontrar o Cantinho da Ostra na beira da praia de Santo Antonio.

A dúzia da delícia agora em dezembro de 2014 oscilava entre R$6,00 e R$8,00 reais!, dependendo do tamanho.

Berbigão também é outro molusco muito barato em Florianópolis. Portanto, não há necessidade de se montar um prato tão pobre, tão enganador. Falta de ingredientes? Não! Falta de vergonha.
O espaguete foi difícil de engolir. Despeço-me saudosa. Bye!

*****

Florianópolis - Dez 2014 (118) (540x800)

Florianópolis - Dez 2014 (112) (800x600)
O atraente ar bucólico do restaurante.

 

Florianópolis - Dez 2014 (131)
Menu original, bem elaborado. O destaque é Santo Antonio, que deu nome à Casa.

 

Florianópolis - Dez 2014 (133) (800x600)
A espagueteria é inteiramente decorada com peças artesanais de muito bom gosto.

 

Florianópolis - Dez 2014 (136) (800x600)
Os bolinhos de bacalhau estavam bons, mas não foram suficientes para cobrir a enganação.

 

Florianópolis - Dez 2014 (138) (800x600)
Agora, o espaguete… deixou muito a desejar. Abusiva quantidade de tomates e escassez de frutos do mar.

 

022 cópia (800x694)
Prato da Espagueteria um ano antes. A diferença é gritante!

 

021 cópia (800x556)
Este, com ostras defumadas. Basta observar o prato servido em janeiro de 2015 e este, há um ano. Visível diferença.

 

P1030380 (800x600)
Entrada principal pela lateral.

 

P1030379 (800x600)
Parte refrigerada do restaurante.

 

P1030378 (800x600)
Cenário aprimorado.

 

P1030377 (800x600)
Ambiente rústico em telhado meia-água.

*****

 

VAI VIAJAR ISTEPO MAIOR cópia