BRASIL . RIO DE JANEIRO (Cidade) . CENTRO . Rio Scenarium – Para Jantar e Dançar com Música ao Vivo.


IMAGEM DESTACADA: Palco do Rio Scenarium.

ENDEREÇO
R. do Lavradio, 20 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20230-070 – Telefone: (21) 3147-9000

PREÇO DA ENTRADA
De Terça à quinta-feira – R$30,00
Às Sextas-feiras – R$40,00
Sábado, vésperas de feriados e datas especiais – R$45,00
Para reservas e mais informações ligue: (21)3147-9000 | 9001 | 9002. Tel. de emergência: 55 21 98224-2666

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Terça a quinta: A partir de 18:30 h / Sexta: A partir de 19 h / Sábado: A partir de 20 h.

Inaugurado em outubro de 2001, o Rio Scenarium tornou-se imediatamente ponto de referência no Rio de Janeiro quando o assunto é casa de espetáculos. Continuar lendo BRASIL . RIO DE JANEIRO (Cidade) . CENTRO . Rio Scenarium – Para Jantar e Dançar com Música ao Vivo.

BRASIL . RIO DE JANEIRO . Botafogo . Restaurante Lima .


IMAGEM DESTACADA: Geoglifos de Nazca estampados no jogo americano do antigo restaurante.
O Lima substituiu o que era meu restaurante predileto aqui no Rio: o Alameda, especializado em escargot, onde eu e meu fiel escudeiro batíamos ponto toda semana.
Está de endereço novo, cara nova, tudo novo. Ainda não estive lá, mas em breve faço questão de conhecê-lo. Até mesmo porque adoramos comida peruana.

Horário: de 2ª à 6ª de 12.00 h às 15.00 h e de 19.00 h às 23.00 h.
Sábados: de 12.00 h à meia noite. Domingo: 12.00 h às 22,00 h.
Telefone: 3647.3411

Quando o Alameda fechou fiquei triste. Chocada. Revoltada. E não quis saber do Lima. – “Não boto meu pé lá”. Mas, como já disse em outra postagem, não tenho personalidade. Somo a isso o prazer inenarrável que tenho em comer bem e daí sempre digo para meus botões: – Aprecie sem moderação! E foi o que eu fiz: mergulhei de cabeça.

Frequentei assiduamente o Alameda. Conheci o cardápio de ponta a ponta, acreditem. Sentia-me em casa. Eu e outros fãs de escargot que encontrava com frequência no andar térreo, sentados à mesma mesa junto da janela. Ó saudade.

Confesso que adentrei o ambiente com um certo pesar, inda mais que tudo está em seus lugares e apenas a decoração mudou, nada mais. Banheiro feminino intacto… lavabo…

Mas olhem… supimpa! Tão maravilhoso que já estou programando uma visita à outra casas de culinária peruana do mesmo proprietário:  uma sanduicheria no Leblon chamada El Chalaco.

Mas, voltando à “vaca fria”, só posso lhes dizer uma coisa: para quem aprecia comida de qualidade e bem temperada, é uma excelente pedida. Ma-ra-vi-lho-so!

P1110784 (1024x768)

*****

P1110785 (1024x761)
Decoração alegre, bem descontraída.

*****

P1110787 (768x1024)

*****

P1110788 (768x1024)

*****

P1110790 (633x1024)

*****

P1110792 (736x1024)

*****

P1110794 (1024x768)
Serviço esplêndido: pães deliciosos, quentinhos, acompanhados por um creme de abacate bem temperado.

*****

P1110797 (1024x768)

Como entrada pedimos camarões empanados. Um molho adocicado acompanha. Porção farta para duas pessoas.

*****

P1110800 (1024x768)
No jogo americano, palavras carinhosas de alto-astral referentes à capital do Peru e à chegada do Lima ao Rio. Muito interessante.

*****

P1110802 (1024x768)
Meu prato cinematográfico e delicioso: Tacu Tacu de Frutos do Mar. No final, aquela despedida à moda francesa: o pãozinho passado no molho e…

*****

P1110803 (1024x768)
Lomito Rugoso Y Gustos foi a opção de meu fiel escudeiro: medalhão de filé mignon acompanhado de risoto de funghi.

*****

P1110805 (1024x768)

*****

O Lima é imperdível! Não disse, que não tenho personalidade?

img186

BRASIL . RIO DE JANEIRO (Cidade) . Forte de Copacabana . Lugar Prá Você Curtir De Montão: Lindas Paisagens, Museu e Bons Restaurantes.


IMAGEM DESTACADA: Pão de Açúcar e Praia de Copacabana vistos do Forte.

UM POUCO DE HISTÓRIA:
Os Ministros da Guerra, General João Nepomuceno de Medeiros Mallet e o Marechal Hermes da Fonseca, ganharam destaque ao levantarem a bandeira pela reforma do Exército ainda no final do século XIX, quando Floriano Peixoto terminava seu mandato como Presidente da República. Continuar lendo BRASIL . RIO DE JANEIRO (Cidade) . Forte de Copacabana . Lugar Prá Você Curtir De Montão: Lindas Paisagens, Museu e Bons Restaurantes.

FRANÇA, Saint-Rémy-de-Provence: Saint Paul de Mausole/Vincent Willen Van Gogh


IMAGEM DESTACADA: Casa de Saúde de São Paulo de Mausole, vista do quintal.

UM POUCO de HISTÓRIA

Aos pés dos Alpilles e ao lado das ruínas romanas de Glanun havia, desde o ano 1.000 aproximadamente, um monastério de diferentes congregações de religiosos. Continuar lendo FRANÇA, Saint-Rémy-de-Provence: Saint Paul de Mausole/Vincent Willen Van Gogh

FRANÇA . UZÈS . Jardim Medieval . Passeio Dispensável.


IMAGEM DESTACADA : Entrada do Jardim Medieval.

Endereço: Impasse Port Royal – 30700 Uzès.
Tel.: 04.66.22.38.21 / 09.52.68.38.22
Email: jardinmedievaluzes@gmail.com

JARDIM MEDIEVAL

UM POUCO DE SUA HISTÓRIA
No século XI havia dois castelos em Uzès: o castelo Bermond e o castelo de Raymond, nomes dos “senhores” da cidade. O castelo Bermond se converteria em ducado mais tarde.

Em 1242 e 1280, os bispos – e mais tarde o Rey Carlos VIII, em 1493 -, adquiriram cada um, uma parte da propriedade de Raymond. Os três senhores de Uzès ficaram então assim definidos: o descendente dos Bermond, o Bispo e o Rei.  Desse modo, as três torres de Uzès acabaram por simbolizar os três poderes rivais até a revolução.

Os Bispos converteram imediatamente o castelo em tribunal e prisão.
O castelo do Rei foi destinado à residência. Luiz XIII o habitou de 10 a 14 de julho de 1629, durante o tempo da Paz de Alès, que se define como a submissão das cidades protestantes.
Foi utilizado como acantonamento (local fechado onde pessoas pernoitavam) para tropas que estivessem de passagem e também como prisão.
Durante a revolução, estes bens passaram para o domínio do Estado. Os dois castelos foram unidos uma vez mais em uma só propriedade, que serviram de prisão até o início do século XX.
Esquecidos por algum tempo, estes lugares carregados de história encontraram vida nova, graças à criação de um Jardim Medieval aberto ao público. O Jardim Medieval está instalado no pátio do castelo Raymond.

O JARDIM
Foi criado em 1995 com o mesmo perfil que inspirou a criação dos jardins particulares do final da Idade Média. Muitas ilustrações e manuscritos iluminados¹ foram  fontes de suma importância para o desenvolvimento deste pequeno jardim botânico.
Grande parte das plantas cultivadas no local acompanharam o ser humano desde suas origens até nossos dias.

Eram plantas que na Idade Média eram utilizadas como alimento, medicamento, e para diferentes usos da vida doméstica: roupa, corantes, adornos. Durante o passeio, o visitante encontrará documentação a respeito das numerosas variedades da flora selvagem regional, que antigamente ocuparam uma praça importante.

O objetivo deste jardim é permitir aos interessados  a descoberta, o reconhecimento, a informação, e talvez a ressurreição de vínculos possivelmente esquecidos com estas plantas. Inclui-se a intenção de contribuir para a preservação de algumas espécies.

Durante sua visita, você verá etiquetas de advertência a respeito das plantas tóxicas, assinaladas com um ponto vermelho. Por medida de segurança a administração solicita cuidados e respeito com as plantas e pede que não as “colham”.
A associação IN SITU administra e mantém o jardim, cuja finalidade é manter da melhor maneira possível este patrimônio tão valioso.

O jardim Medieval recebe durante toda a temporada alta, exposições permanentes e temporárias.

1- Livros escritos a mão, decorados com ouro,  prata ou cores brilhantes. As iluminuras podiam ser pequenas ilustrações, bordas, letras maiúsculas em início de parágrafo, e até mesmo divisões de texto.

P1050295 (749x1024)
A caminho do Jardim Medieval.

P1050289 (756x1024)Parreira no Jardim Medieval.

P1050288 (1024x768)Perspectiva.

P1090144 (1024x768)
Fábrica de ursos de pelúcia em Uzès.

P1090147 (1024x768)Jardim Medieval

P1090152 (1024x768)
Jardim Medieval.

P1090153 (1024x768)

img186 (2)

CONTATO:

FRANÇA. OCCITÂNIA . UZÈS – Cultura, Compras e Boa Mesa.


Imagem Destacada: Redes Nordestinas! em feira francesa. Que luxo!

POPULAÇÃO
a comuna contava com aproximadamente 9.000 habitantes em 2010. Trata-se de outra cidade pequena com aparência de cidade grande devido ao destaque de suas construções.

O BRASIL NA PROVENCE
Encontrar redes nordestinas em Uzès foi uma grata surpresa. Não passam despercebidas tanto pelo colorido Continuar lendo FRANÇA. OCCITÂNIA . UZÈS – Cultura, Compras e Boa Mesa.

FRANÇA . ISLE-SUR-LA-SORGUE: O Maior Mercado de Pulgas da França!


Imagem Destacada: Rio Sorgue.

ISLE SUR LA SORGUE
L’Isle-sur-la-Sorgue, distrito de Avignon, é uma comuna no Sudeste da França, no Departamento de Vaucluse, que cresceu às margens do Rio Sorgue. Continuar lendo FRANÇA . ISLE-SUR-LA-SORGUE: O Maior Mercado de Pulgas da França!