Arquivo da categoria: HOLANDA

HOLANDA . AMSTERDAM . EL JOSELITO . Café e Tapas. Cardápio Variadíssimo. Muito Bom!


IMAGEM DESTACADA – Fachada do Joselito.

Foi onde entramos para almoçar em nosso primeiro dia em Amsterdam.
O Café / Bistrô estava muito movimentado, mas havia uma mesa ao lado da janela, um lugarzinho bem simpático.

O cardápio é tão variado, que acaba dificultando a escolha.
Começamos pelos bolinhos de cogumelos que, não imaginávamos, chegaram em porção caprichada. São muito saborosos. Gostamos tanto, que repetimos a dose em outros restaurantes só para comparar e todos foram muito bons.

O cardápio oferece muitas opções a preços convidativos. As porções são aparentemente pequenas e por isso podem enganá-lo perfeitamente.


A salada de aspargos com ovos cozidos, tomates, alface etc custou-nos €6,75. O outro prato penso tratar-se de um Montadito (marinado) de Carne pelo qual pagamos €8,50.

O ambiente é festivo. Atendimento atento e simpático de todos. Houve uma noite em que só havia uma mesa próxima à porta e só não saímos por conta do frio impiedoso que fazia.
O restaurante era vizinho ao hotel; bater perna naquela altura do campeonato, para encontrar outro lugar para comer… Um olhou para a cara do outro e optamos por ficar por ali mesmo.
Tava muito difícil ficar naquela mesa porque, todas as vezes que a porta era aberta o vento gelado nos dava um tapa.
Aconteceu que vagou u’a mesa e o proprietário nem pestanejou: aproximou-se e convidou-nos para trocar de mesa, o que aceitamos de imediato e agradecemos muito – quase que com aplausos.


À noite o Café/Bistrô fica mais chamativo devido à iluminação. Há um certo exagero, mas faz parte. A gente acostuma. E como não comemos paredes, fica tudo certo.



Houve uma noite em que estávamos com muita fome e pedimos três pratos. Foi demais, reconhecemos, mas não deixamos sobra.

O prato acima foi uma Tortilha de Batatas com Presunto e o Arroz à Valenciana (abaixo) não chegou a €7,00.

Inevitavelmente passávamos duas vezes por dia pela porta do Joselito e sempre o víamos cheio. Nesse momento, não sei para aonde íamos, que o encontramos fechado – instante raro que mereceu minha atenção e foto.
NB: Só aceitam cartão da bandeira VISA ou €uros.
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: De 2ª à Domingos de 11.00 h às 23.00 h.
Recomendamos sem restrições.

CONTATO:

HOLANDA. AMSTERDAM . Restaurante 1e Klas – Arte, História e Sabor.


IMAGEM DESTACADA: Interior do Restaurante.

ENDEREÇO
Plataforma 2 B da Centraal Station.
Acesso: Escada rolante, no Hall Principal da Estação, caso você chegue a pé. Não sendo assim, você poderá chegar até de barco.
Metrô, ônibus e tram (bonde) são os meios de transporte mais comuns. Clique aqui e saiba mais.

image-2018-06-06.jpg
Imagem migrada do site https://restaurant1eklas.nl/es.

HORÁRIO de FUNCIONAMENTO:
Dias normais: De segunda a domingo de 9.30 às 23.00.

Dias especiais:
– Na véspera de Natal aberto até às 18:00
– Fechado no dia de Natal (25 de dezembro)
– Na véspera de Ano Novo até às 18:00 (31 de dezembro)
– Fechado Dia do Rei (27 de dezembro abril)

O restaurante é belíssimo e dispõe de outros ambientes igualmente glamourosos, que poderão ser ocupados com eventos públicos ou privados com capacidade para até 200 pessoas.

UM POUCO DE HISTÓRIA
Foi construído entre 1881 e 1889 por um gênio da arquitetura chamado Petrus Josephus Hubertus Cuypers (Pierre), natural da cidade de Roermond.

A sala onde os passageiros da primeira classe aguardavam o trem, chamada Four Seasons, só era acessível a pessoas que adquiriam esse tipo de bilhete; era muito especial, e apenas 40 pessoas, no máximo, poderiam ocupá-la.
Esta sala continua com a mesma capacidade de ocupação e está à disposição para grupos que queiram se reunir para comemorações, tratar de negócios, seminários, cursos e outros.

Pelo fato de tratar-se de um restaurante que atende pessoas de várias nacionalidades, o cardápio foi preparado com diversos tipos de pratos.
Além dessas opções, caso alguém queira saborear algum prato especial, basta avisar o responsável pelo restaurante, com antecedência, a fim de que o chef tenha condições de adquirir algum ingrediente especial de que não disponha.

E mais: os garçons são treinados para trabalhar rapidamente. Sabe por que? Foi levado em conta que alguns clientes não podem se demorar no restaurante devido ao embarque…

OBS: Clientes podem entrar com malas.

Foto antiga no cardápio. Observemos que o ambiente continua fiel ao da época de sua inauguração, em 1881.

Havíamos acabado de desembarcar na plataforma B, quando me lembrei do 1e Klas e decidimos tomar um café.
Logo na entrada, a surpresa. Nunca poderia imaginar que, do outro lado daquelas portas relativamente simples, fosse me deparar com tanta beleza.
Descrevê-lo é possível, mas seria muito difícil… Melhor mesmo foi comer um pedaço de torta de maçã (tão maravilhosa e irreparável quanto o ambiente), acompanhado por café – motivo que encontramos para apreciarmos o ambiente com tempo de sobra.
Recomendamos sem restrição.

 

 

 

HOLANDA. AMSTERDAM . Amigo – Restaurante Argentino Excelente.


IMAGEM DESTACADA: Vitrine do Restaurante.

COMO CHEGAR
De frente da Centraal Station partem os bondes número 13 e 17. Ambos passam pela Rozengracht. 

De mapa em mãos, saímos atrás de um restaurante especializado em culinária holandesa, o Moeders, para almoçar.
Este restaurante é muito bem conceituado, e por isso é indicado na internet por vários blogues e pessoas que compartilham suas experiências em viagens. Ficamos curiosos e lá fomos nós.
Acontece que o restaurante não abre para almoço… e agora? O jeito foi embarcar na “Viação Canelinha” (nossas pernas), as preferidas, e procurar algo que nos parecesse simpático.
Não muito longe dali, na mesma rua Rozengracht, no número 5, passamos pela porta do Amigo Argentijns Restaurant. Gostamos. Entrar, não entrar, por que não entrar? Entramos. E adoramos!

Fomos muitíssimo bem atendidos por um jovem que me ofereceu a oportunidade de praticar meu portunhol fluente, o que foi ótimo, porque fizemos nossos pedidos sem problemas – ponto das carnes, bebidas, sobremesas… – e ainda batemos um pequeno papo.
Amsterdam é rica em restaurantes argentinos! Com isso quero dizer que os apreciadores de uma boa carne podem relaxar porque encontrarão trocentos deles na cidade. E você não precisará bater com a cara na porta de restaurante nenhum para encontrar outro que o agrade.
Ah! E quase ia me esquecendo: as carnes que você pedir, virão para sua mesa fumegantes e com uma grelha sobre brasas. Confira.

Os copos são muito bonitos. O relevo lembra os traços delicados da época do movimento art-nouveau (1890 e 1910).


O suco de maçã ressaltou os desenhos do copo. Gostei do efeito e por isso o fotografei visto de cima.

Os talheres estavam gastos, feios, porém limpos. Mas, o que importou mesmo foi a marca: Tramontina, istepô!


Ambiente decorado com aconchego. Atendimento simpático e educado. Gostamos imensamente. 


Sobremesas igualmente caprichadas e saborosas. O almoço foi muito além do que esperávamos.

Carnes servidas no ponto desejado, para serem apreciadas sem moderação. Recomendamos.

 

 

HOLANDA. AMSTERDAM. Cobra Café: Bistrô, Galeria de Arte, e Um Banheiro Informatizado Que Parece Mágico!.


IMAGEM DESTACADA: Acesso ao subsolo do Cobra Café.

O MOVIMENTO COBRA
foi criado por artistas vanguardistas europeus procedentes de Copenhague, Bruxelas e Amsterdã.
O manifesto foi redigido e assinado em 05/11/1948 em um Café de Paris, por 30 artistas, dentre os quais havia pintores, escultores, ceramistas, poetas, escritores… Continuar lendo HOLANDA. AMSTERDAM. Cobra Café: Bistrô, Galeria de Arte, e Um Banheiro Informatizado Que Parece Mágico!.