Arquivo da tag: Praia do Meirelles

BRASIL. CEARÁ. FORTALEZA: Mercado dos Peixes de Mucuripe.


IMAGEM DESTACADA: Praia do Mucuripe.

O Mercado dos Peixes, revitalizado em 2013, foi inaugurado na década de 60 com o objetivo de centralizar a venda de pescados e frutos do mar, a fim de evitar que esse tipo de comércio fosse praticado nas vias públicas.

Em uma das paredes do mercado, uma bela homenagem ao valente pescador Tatá.
Mercadorias sem preço, o que me leva a crer que a cobrança leva em conta a cara do freguês.

O lugar é bastante aprazível. Mas o cheiro…

É nesse trecho da Praia do Mucuripe, que comerciantes e moradores adquirem seu pescado fresco. O início das vendas começa em torno de 5 da manhã e segue até às 17.00 horas.
Após esse horário, barracas e cadeiras são armadas nos fundos do mercado (na beira da praia), a fim de atender os desejosos de comer o pescado de sua escolha frito na hora.
O interessado percorre o mercado, escolhe o que pretende comer, paga e leva para um dos boxes que trabalha somente com o preparo e fritura de seu pescado.
Desculpem-me, mas… quando vi a cor do óleo em que mergulham as frituras, mô-quirido… Óleo pronto para o descarte. Sem contar o cheiro de gordura que paira no ar e o impregna da cabeça aos pés.
Essa atividade funciona até as 22.00 horas. E mais: os preços praticados são tidos como convidativos, mas não foi isso que vi.


“Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir.”(Amyr Klink)


 

Fortaleza – Crocobeach


Imagem Destacada: Entardecer na Praia do Meirelles.

Obs: clique duas vezes na luva para ver a imagem aumentada.

As indicações para que conhecêssemos a  melhor “barraca” da Praia do Futuro – Crocobeach – foram as melhores possíveis ao comentar que estaríamos viajando dia 16 de agosto para Fortaleza.

O que desconhecíamos era que a tal indicação tratava-se de um “clube”, longe, muito longe de ser o que imaginávamos, acostumados com o que temos aqui do Rio de Janeiro.

Na verdade, o que chamamos de “barraca” tanto serve para definir aquelas que fincamos na areia para nos proteger do Sol, quanto as que a Prefeitura autoriza, de modelo próprio, para servir de ponto de aluguel de cadeiras de praia, bebidas, biscoitos etc. Continuar lendo Fortaleza – Crocobeach